Maria José Fernandes vai liderar o Conselho Coordenador dos Politécnicos

Doutorada em Ciências Empresariais, é presidente do Politécnico do Cávado e do Ave e do Colégio de Especialidade de Contabilidade Pública da Ordem dos Contabilistas Certificados.

Maria José Fernandes foi eleita presidente do Conselho Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP), sucedendo no cargo a Pedro Dominguinhos de quem era vice-presidente desde 2018. A tomada de posse será em abril.

Presidente do Instituto Português do Cávado e do Ave (IPCA), desde 2017, é licenciada em Gestão, Doutorada em Ciências Empresariais  (área da Contabilidade) e tem o título de agregada em Gestão pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade Técnica de Lisboa (ISEG). É a primeira mulher a assumir a presidência do CCISP.

Maria José Fernandes é presidente do Colégio de Especialidade de Contabilidade Pública da Ordem dos Contabilistas Certificados e professora coordenadora principal na Escola Superior de Gestão do IPCA. Exerceu ainda o cargo de Diretora do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade (CICF) do IPCA entre 2008 e 2017. É uma das autoras do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses. Referee  e autora de diversas publicações em revistas científicas nacionais e internacionais e de trabalhos de investigação científica apresentados em múltiplos congressos.

Afirmar o ensino superior politécnico no panorama nacional e internacional e contribuir para os objetivos no âmbito da Agenda Europeia 2030, são os desígnios da nova presidente, que quer continuar a afirmar o ensino superior politécnico no panorama nacional e internacional, com a interligação permanente com todo o ecossistema: tecido empresarial, autarquias, instituições púbicas e privadas, famílias, entre outras.

Recomendadas

Português João Redondo preside a Aliança das Instituições de Ensino Superior Não Estatais na Europa

A EUPHE representa cerca de 700 instituições universitárias e politécnicas particulares e cooperativas, nas quais estudam 1,5 milhões de estudantes em países como a França, Alemanha, Espanha, Áustria, Irlanda, Polónia, Eslovénia e Portugal.

A emocionante viagem de Nuno Bicho no rasto do Homo Sapiens

O investigador português, vice-reitor da Universidade do Algarve, está de regresso a Moçambique. Nesta descoberta pelos vales do Save e do Limpopo faz-se acompanhar por uma equipa multidisciplinar para comprovar, através da arqueologia, o modelo genético de que as populações humanas da África Austral foram a génese da migração da nossa espécie.

Politécnico de Viana do Castelo cria centro de investigação de 6,5 milhões para economia azul

Projeto para a construção do edifício aguarda financiamento do PT2030. Objetivo é que seja construído no próximo ano e entre em funcionamento em 2024.
Comentários