Maria Luís: Governo revela “uma estratégia errada e falta de visão e de ambição”

Dirigente social-democrata apontou que “em três orçamentos deste Governo, dois são de desaceleração da economia” e destacou “o aumento do peso do Estado” como um sinal que preocupa o PSD.

Rafael Marchante/Reuters

O PSD considera que as propostas de Orçamento do Estado para 2018 (OE2018) são sintomáticas de uma estratégia “errada”, traduzindo-se numa “uma oportunidade perdida”. Maria Luís Albuquerque garantiu hoje que o partido irá apresentar propostas de alteração ao documento.

“O Orçamento do Estado que foi ontem entregue na Assembleia da República apresenta uma estratégia errada e revela falta de visão e falta de ambição para o futuro do pais”, criticou a antiga ministra das Finanças social-democrata, Maria Luís Albuquerque, em conferência de imprensa na Assembleia da República.

Maria Luís Albuquerque considera que o alívio no IRS, progressões na função pública e o aumento extraordinário nas pensões “é uma estratégia de consolidação do poder no presente e não da economia no futuro”.

A dirigente social-democrata apontou que “em três orçamentos deste Governo, dois são de desaceleração da economia” e destacou “o aumento do peso do Estado” como um sinal que preocupa o PSD.

Na proposta de Orçamento do Estado para 2018 entregue na sexta-feira à noite pelo Governo no parlamento, o executivo prevê um défice orçamental de 1% do Produto Interno Bruto (PIB) e um crescimento económico de 2,2% no próximo ano.

O Governo melhorou também as estimativas para este ano, prevendo um crescimento económico de 2,6% e um défice orçamental de 1,4%. Quanto à taxa de desemprego, deve descer de 9,2% este ano para 8,6% no próximo.

Recomendadas

OE2018: Centeno admite que versão final é melhor do que a entregue pelo Governo 

A versão final do Orçamento do Estado para 2018 (OE2018) contará com mais de 80 propostas de alteração dos vários partidos, além das apresentadas pela bancada socialista, tendo também o CDS, na oposição, conseguido aprovar propostas.

OE2018: PSD repete voto contra na versão final e diz que especialidade “piorou” documento

Líder parlamentar do PSD acaba de anunciar no Parlamento que os sociais-democratas vão votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2018 apresentada pelo Governo.
Universidade Aveiro

OE2018: PS quer que empresas paguem 26,1% à Segurança Social por estudante que trabalhe nas férias

A Taxa Social Única (TSU) paga habitualmente pelos empregadores é de 23,75%.
Comentários