Marriott prepara-se para ser a maior cadeia hoteleira do mundo

O Marriott comprou o Starwood Hotels por 11.320 milhões de euros para criar a maior cadeia hoteleira do mundo


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031
O grupo Marriott International, que conta com uma dezena de insígnias como Ritz-Carlton, Fairfield Inn ou Marriott Courtyard, entre outras, lançou uma oferta como se tornar proprietária de marcas onde se destacam Sheraton, W, Westin, St. Regis ou Aloft, pertencentes à Starwood Hotels & Resorts Worlwide.

A oferta do Marriott pressupõe o pagamento aos accionistas da Starwood 0,92 ações de classe A do Marriott e dois dólares em efetivo. No total, o Marriott pagará 11.900 milhões de dólares em ações e 340 milhões em efetivo.

Esta operação valoriza cada ação da Starwood em 72,08 dólares, o que supõe um desconto de 4% sobre o valor ao qual os títulos encerraram na passada sexta-feira.

OJE
Recomendadas

AdC acusa Cabelte, Quintas e Quintas e Solidal de cartel em contratação pública lançada pela REN

AdC acusa as empresas fornecedoras de cabos de Muito Alta Tensão de acordo anticoncorrencial em procedimentos de contratação pública, num concurso lançado pela REN.

Ibersol com lucros de 14,6 milhões de euros até setembro

A Ibersol registou nos primeiros nove meses deste ano lucros consolidados de 14,6 milhões de euros, que comparam com prejuízos de mais de 20 milhões de euros no período homólogo.

Greve na CP e IP suprimiu 701 comboios até às 18h00

A greve dos trabalhadores da CP – Comboios de Portugal e da Infraestruturas de Portugal (IP) levou à supressão de 701 comboios da CP entre as 00h00 e as 18h00.