Mastercard e Ubirider em parceria para pagamentos de última geração em transportes públicos

A app Pick Hub da Ubirider, está disponível na Apple App Store e no Google Play e permite aos utilizadores planearem as suas viagens porta-a-porta, pagarem os respetivos bilhetes e viajarem para todos os destinos, em qualquer lugar, usando a melhor combinação de transporte.

A Mastercard e a Ubirider anunciaram em comunicado uma parceria global para oferecer soluções de mobilidade como serviço para operadores de transportes públicos. A colaboração vai focar-se na criação de soluções de pagamento e emissão de bilhetes digitais mais eficientes e sustentáveis.

A Ubirider é a startup portuguesa que criou a plataforma de mobilidade como serviço (MaaS) Pick, pensada para cidades, passageiros e operadores de transportes públicos.

O acordo consiste em “oferecerem a nível global soluções digitais inovadoras que combinam recursos e dados operacionais, de pagamento e emissão de bilhetes para agências e operadores de transportes públicos”.

“Através desta parceria, a Mastercard e a Ubirider procurarão expandir o sucesso inicial dos produtos em Portugal para simplificar o acesso e os pagamentos de serviços de mobilidade”, refere o comunicado.

A app Pick Hub da Ubirider, está disponível na Apple App Store e no Google Play e permite aos utilizadores planearem as suas viagens porta-a-porta, pagarem os respetivos bilhetes e viajarem para todos os destinos, em qualquer lugar, usando a melhor combinação de transporte.

“A plataforma MaaS Pick, que compreende aplicações móveis, software cloud e portais web, incorpora tecnologias de pagamento de última geração que beneficiam os utilizadores, ao nível da conveniência e da simplicidade, e os operadores ao nível da eficiência, da redução de custos e da qualidade de serviço”, explica a Mastercard.

“A Mastercard trabalha com parceiros em todo o mundo para desenvolvido soluções inovadoras para a mobilidade urbana. A parceria com a Ubirider tem esse propósito porque as soluções digitais e multimodais que desenvolve enquadram-se na nossa visão e porque a plataforma Ubirider oferece uma resposta directa às necessidades de utentes  e operadores de transporte “, refere na nota Chapin Flynn, vice-presidente sénior de transporte e mobilidade da Mastercard. “Estamos muito entusiasmados por continuarmos a impulsionar inovações significativas em todo o espectro da mobilidade urbana com a equipa da Ubirider”, acrescenta.

A gestão dos sistemas de transportes públicos varia de país para país, de cidade para cidade e até entre operadores. No entanto, há um ponto em comum entre quase todas as operadoras de transporte público, já que todas têm de gerir e integrar na sua operação a gestão de horários, motoristas, serviços oferecidos e informações ao público; a emissão de bilhetes através de diferentes canais (bilheteiras, máquinas de venda automática, apps, website); os pagamentos recebidos (cartões de crédito/débito, carteiras digitais); e a emissão de faturas e recibos.

Ora, “esta complexa e intrincada estrutura cria inúmeras ineficiências e, também, perda de receita para os operadores e, muitas vezes, resulta, também, numa experiência frustrante para os passageiros”.

“A plataforma Pick, desenvolvida pela Ubirider, combina todas estas funções num ambiente digital integrado, permitindo economizar tempo e custos, mas também permite melhorar a eficiência, uma vez que integra, relaciona e gere todos os dados da operação numa única aplicação”, garantem as empresas.

A Pick inclui, também, “um poderoso sistema para gestão de pagamentos, que permite aos passageiros comprar viagens que envolvam diferentes serviços de mobilidade (multimodal), através de pagamento agregado que é imediatamente distribuído pelos operadores envolvidos, reduzindo as fricções de pagamento e tempo para os passageiros e os custos e encargos administrativos para os operadores”.

Além disso, “a Pick oferece às operadoras e agências de transporte tecnologias avançadas de pagamentos contactless, como o Tap-on-Phone, que é uma tecnologia de software segura e com certificação PCI, que transforma um smartphone num terminal de pagamento mais simples, rápido e acessível do que os sistemas tradicionais que são baseados em hardware pesado e caro”.

Em julho, em parceria com a Mastercard, a Ubirider implementou na cidade de Évora a primeira aplicação de trânsito de Tap-on-Phone incorporada na sua app para motoristas, Pick Driver, que permitiu de forma imediata a aceitação de pagamentos contactless a bordo dos autocarros operados pela Trevo.

O comunicado recorda que “graças à parceria da Mastercard com a Ubirider, a Fertagus, operadora dos comboios suburbanos da área metropolitana de Lisboa, que movimenta mais de 2,8 milhões de passageiros por mês, também

Paulo Ferreira dos Santos, CEO e Fundador de Ubirider diz na nota que “a relação com a Mastercard permite que a Ubirider continue a incorporar as tecnologias de pagamentos mais avançadas e permite-nos um alcance global em termos de oportunidades de mercado”.

“O nosso foco é melhorar tudo o que envolve a oferta de transportes, o que inclui, para além da significativa melhoria da experiência de utilização, mais integrada e mais simples para os indivíduos, a possibilidade de capacitarmos cidades, municípios e operadores de transporte público a obterem informações valiosas sobre as tendências de viagens e tornar mais ágil o processo de decisão para ajustar a oferta da rede às reais necessidades dos cidadãos e das empresas, ao mesmo tempo que as operações se tornam mais eficientes e sustentáveis”, conclui.

Recomendadas

“É importante pensar na estratégia do que se quer para a TAP”, refere administrador da Vila Galé

Gonçalo Rebelo de Almeida considera que é necessário perceber se Portugal quer transformar a TAP numa companhia mais pequena só a Europa ou se o país quer continuar a apostar no seu crescimento.
TAP

Finanças desconheciam bónus de três milhões acordado com CEO da TAP

O antigo ministro João Leão não teve conhecimento do montante do bónus da CEO da TAP que consta do contrato assinado a 8 de junho de 2021.

Premium“Vamos continuar a trabalhar as duas marcas em separado”

Neves e Almeida e CEGOC vão trabalhar em autonomia e com equipas de gestão próprias, mantendo a identidade de cada marca.
Comentários