Mastercard procura oportunidades de expansão das soluções e serviços globais em Portugal

A Mastercard recrutou um Diretor de Desenvolvimento de Negócio da empresa em Portugal com a missão de identificar as oportunidades de expansão das soluções e serviços globais da Mastercard com as necessidades específicas do mercado nacional.

A Mastercard recrutou um Diretor de Desenvolvimento de Negócio da empresa em Portugal com a missão de identificar as oportunidades de expansão das soluções e serviços globais da Mastercard com as necessidades específicas do mercado nacional.

Rui Patraquim passa assim a reportar a Maria Antónia Saldanha, Country Manager da Mastercard em Portugal. “A entrada de Rui Patraquim para o cargo de Diretor de Desenvolvimento de Negócio constitui uma importante mais-valia para a Mastercard em Portugal. A sua experiência na indústria de pagamentos e o seu profundo conhecimento do mercado são um ativo muito relevante e que será muito importante no desenvolvimento das relações com os nossos parceiros e clientes”, refere na nota Maria Antónia Saldanha, Country Manager da Mastercard em Portugal.

A Mastercard explica que Rui Patraquim tem mais de 20 anos de experiência no sector dos pagamentos. Começou a sua carreira na consultoria, sendo convidado a integrar a SIBS em 2008, como Gestor de Produto passando, mais tarde, a Diretor de Vendas. Em 2014 transitou para a PT Pay, como Diretor Geral. Durante os últimos anos, trabalhou na MeaWallet e, mais recentemente, na Kevin. Rui Patraquim é licenciado em Engenharia Química pelo Instituto Superior Técnico e detém um MBA Executivo pelo ISCTE.

Rui Patraquim, destaca, por sua vez, que “a Mastercard está em permanente evolução, com uma aposta muito forte em inovação e com desafios novos todos os dias, o que eleva a fasquia da exigência, mas também da motivação para continuarmos a transformar a indústria de pagamentos e servirmos melhor o país, as empresas e os cidadãos em Portugal”.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta segunda-feira.

Sindicato: CGD recusa negociação salarial que produza efeitos em 2022

“Perante esta situação lamentável e infelizmente recorrente, o STEC vai, obviamente, solicitar o início de negociações a partir de 13 de outubro, procurando, como sempre, pela via do diálogo, encontrar respostas para a situação aflitiva que muitos trabalhadores e reformados da CGD já estão a viver”, indica o sindicato. 

Bankinter alia-se à gestora Edmond de Rothschild para lançar um fundo que investe no metaverso

O Bankinter torna-se o primeiro banco em Portugal a lançar um fundo de investimento centrado na indústria que desenvolverá o metaverso.
Comentários