Maternidades da região de Lisboa estão todas a funcionar à exceção de Loures

A Administração Regional de Saúde informa ainda que foram realizados 146 partos na sexta-feira e no sábado nas maternidades dos 13 centros hospitalares que possuem essa valência, o que afirma atestar “o funcionamento em rede das unidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS)”.

As maternidades da região de Lisboa realizaram 75 partos no sábado, anunciou a Administração Regional de Saúde, adiantando que, à exceção das urgências de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, todas as outras estão a funcionar.

As utentes do Hospital Beatriz Ângelo, cujas urgências de Ginecologia e Obstetrícia estão encerradas até às 08:00 de segunda-feira, devem dirigir-se ou serem encaminhadas para outras unidades da rede, nomeadamente para o Hospital Santa Maria e para a Maternidade Alfredo da Costa, ambos em Lisboa, adianta a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) em comunicado.

“As restantes maternidades da região estão a funcionar, podendo existir constrangimentos pontuais que serão supridos por outras unidades da região, que assegurarão a resposta do SNS”, salienta.

A Administração Regional de Saúde informa ainda que foram realizados 146 partos na sexta-feira e no sábado nas maternidades dos 13 centros hospitalares que possuem essa valência, o que afirma atestar “o funcionamento em rede das unidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS)”.

Refere ainda se mantém em “estreita colaboração” com os ARSLVT, hospitais da Região e o CODU/INEM para “garantir o normal funcionamento das urgências das maternidades da Região em segurança”.

Caso haja necessidade de encaminhar utentes, as equipas hospitalares articulam com o CODU/INEM, no sentido de identificar a unidade que naquele momento tem melhor capacidade de resposta, sublinha.

Mais uma vez, a autoridade agradece aos profissionais de saúde que vão assegurar a prestação de cuidados pelo esforço adicional.

Apela também à compreensão dos utentes, “lamentando, desde já, o constrangimento que, apesar de todos os meios disponibilizados, não foi possível ultrapassar”.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Tribunal adia processo de alunos de Famalicão proibidos de frequentar Cidadania (com áudio)

 O Tribunal de Família e Menores de Vila Nova de Famalicão adiou hoje a audição das testemunhas no processo de promoção e proteção de dois alunos proibidos pelos pais de frequentarem a disciplina de Cidadania e Desenvolvimento.
Carlos Moedas

Carlos Moedas: “A transição energética é o maior desafio das nossas vidas”

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa discursou esta terça-feira numa conferência ibérica dedicada ao tema da mobilidade, onde o líder da CIP, António Saraiva, defendeu que reduzir os transportes não é a solução para descarbonizar o país.
Comentários