Mau Tempo: Linha do Douro volta a ser cortada após acidente

A linha do Douro está novamente interrompida entre Ermidas e Aregos, devido ao choque de um comboio regional com uma pedra que se encontrava na via.

A linha do Douro está interrompida desde as 18:40 de hoje, entre Ermidas e Aregos, devido ao choque de um comboio regional com uma pedra que se encontrava na via, informou a Infraestruturas de Portugal (IP).

Fonte da IP explicou à Lusa que o choque levou a que um dos conjuntos de rodas (bogie) de uma das composições do comboio se desencaixasse, provocando a sua imobilização.

“Neste momento a nossa prioridade é retirar todos os passageiros e iniciar os trabalhos de reparação. Não sabemos quanto tempo irá demorar”, referiu a mesma fonte, ressalvando que deste incidente não resultaram feridos.

A Linha do Douro já tinha sofrido cortes nos últimos dias devido ao mau tempo resultante das depressões Elsa e Fabien.

Os fortes efeitos do mau tempo, que se fizeram sentir desde quarta-feira, já provocaram dois mortos, um desaparecido, deixaram 144 pessoas desalojadas e 320 pessoas deslocadas por precaução, registando-se mais de 11.200 ocorrências no continente português, na maioria inundações e quedas de árvore. Só no sábado, registaram-se mais de 1.700 ocorrências.

O mau tempo provocado pela depressão Elsa, entre quarta e sexta-feira, a que se juntou no sábado o impacto da depressão Fabien, provocou também condicionamentos na circulação rodoviária, bem como danos na rede elétrica, afetando a distribuição de energia a milhares de pessoas, em especial na região Centro.

Recomendadas

Meco: Supremo Tribunal de Justiça aceita recurso da defesa das famílias das vítimas

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) aceitou o recurso de revista excecional da defesa das famílias das vítimas que morreram na praia do Meco, em 2013, após a Relação de Évora ter considerado em julho o recurso improcedente.

Bruxelas e autoridades de saúde alertam para “ameaça” da gripe, covid e vírus respiratório

A Comissão Europeia e autoridades europeias e mundiais de saúde alertaram hoje que a covid-19 “continua a ser uma ameaça” na Europa, pedindo atuação quando a época da gripe arranca “precocemente” e o vírus sincicial respiratório circula crescentemente.

Costa apela para celebração da “força da bandeira nacional” em mensagem do Dia da Restauração

 O primeiro-ministro António Costa homenageou hoje a “memória dos que lutaram e contribuíram” para a restauração da independência de Portugal, apelando para a celebração da “soberania” e da “força da bandeira nacional”, numa mensagem evocativa do 1.º de dezembro.
Comentários