Maya Angelou é a primeira mulher negra a estar numa moeda norte-americana

A poetisa foi distinguida por Bill Clinton em 1992 quando foi convidada a ler o poema “On the Pulse of the Morning” na sua inauguração ou quando foi presenteada com a medalha da Liberdade por Barack Obama em 2010.

A moeda de 25 cêntimos foi a escolhida para enveredar a imagem da poetisa norte-americana Maya Angelou. Assim, a escritora, falecida em 2014, torna-se a primeira mulher negra a ter a sua imagem estampada numa moeda de dólar nos Estados Unidos.

A ativista terá a sua imagem com os braços abertos, uma águia em voo e o sol nascente por trás, enquanto o reverso da moeda terá um retrato de George Washington. Na moeda poderá ler-se “United States of America”, “Maya Angelou”, “E Pluribus Unum” e a identificação “quarter dollar”.

Os responsáveis pela cunhagem da moeda admitem que a escolha de Maya Angelou recaiu pela “inspiração da sua poesia e o simbolismo da forma como viveu”, de acordo com o “The Guardian”.

Maya Angelou é uma das principais figuras norte-americanas quando se fala no combate às discriminações raciais. A poetisa foi distinguida por Bill Clinton em 1992 quando foi convidada a ler o poema “On the Pulse of the Morning” na sua inauguração ou quando foi presenteada com a medalha da Liberdade por Barack Obama em 2010.

“Cada vez que redesenhamos a nossa moeda, temos a hipótese de dizer algo sobre o nosso país – o que valorizamos e como progredimos como sociedade. Estou muito orgulhoso de que estas moedas celebrem as contribuições de algumas das mulheres mais notáveis da América, incluindo Maya Angelou”, explicou Janet Yellen, secretária do Tesouro dos EUA.

A moeda da poetisa é a primeira a ser lançada no âmbito do programa American Women Quarters da Casa da Moeda dos Estados Unidos. Irão seguir-lhe Sally Ride, a primeira astronauta norte-americana, Wilma Mankiller, a primeira chefe feminina da Nação Cherokee, Nina Otero-Warren, política e ativista latina, e Anna May Wong, apelidada como a primeira estrela de ascendência asiática.

Esta é a terceira vez que a moeda de 25 cêntimos será cunhada numa versão alternativa. Desde 1932 que a moeda que representa um quarto de dólar só foi cunhada por duas vezes, a primeira na década de 2000 com 50 moedas a representar os 50 estados e entre 2010 e 2021 a representar os parques nacionais dos Estados Unidos.

Recomendadas

PremiumPara saudar o regresso de um majestoso Jaen

Serve este texto para saudar a aposta de um produtor do Dão, a Caminhos Cruzados, integrada há cerca de dois anos no grupo da Quinta da Pacheca (no Douro), na comercialização de um monovarietal de uma das castas mais singulares que se produzem em Portugal: a Jaen (Mencia, em Espanha). Há quem diga que em relação à Jaen, ou se ama ou se detesta.

PremiumFada ou bruxa? Uma duquesa que incomoda muita gente

Valentine Low relata que uma das funcionáriasque trabalhava para Meghan foi agredida verbalmente “sem razão aparente” pela duquesa poucos dias antes do casamento

Premium1828, a revolução das carnes

Provavelmente, estas são as melhores carnes do mundo e podem ser degustadas no Steak house 1828, um dos 12 espaços de restauração que constituem a oferta gastronómica diversificada do WOW – World of Wine, em Vila Nova de Gaia.
Comentários