Mecanismo ibérico gerou benefício de 489 milhões até ao final do ano

O mecanismo ibérico permitiu uma redução de 20% no preço da eletricidade, desde a entrada em vigor até ao final de 2022, e gerou um benefício de cerca de 489 milhões de euros.

MIGUEL A. LOPES/LUSA

O mecanismo ibérico permitiu uma redução de 20% no preço da eletricidade, desde a entrada em vigor até ao final de 2022, e gerou um benefício de cerca de 489 milhões de euros.

“Desde que entrou em vigor e até ao final do ano passado, o mecanismo [ibérico] permitiu, segundo as estimativas provisórias do regulador, uma redução do preço final de 49 euros por megawatt-hora (MWh), ou seja, uma redução de 20% face ao preço que ocorreria sem a medida, gerando um benefício de cerca de 489 milhões de euros neste período, para quem está exposto ao mercado”, disse o ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro, que está a ser ouvido pela comissão parlamentar de Ambiente e Energia, por requerimento do Bloco de Esquerda.

Já em dezembro, no que diz respeito ao preço médio diário do mercado grossista de eletricidade, a poupança foi de 74 euros/MWh, o que representou um decréscimo de 36% face ao preço sem a aplicação da medida.

Segundo o governante, tal deveu-se, essencialmente, “a um maior peso das renováveis e à evolução dos preços do gás no mercado internacional”.

“Para terem uma ideia do efeito do mecanismo, o preço médio obtido em Portugal em dezembro foi menos de metade do preço em França, Grécia ou Itália (283,61 euros/MWh) e 54% do preço praticado na Alemanha”, apontou Duarte Cordeiro.

Recomendadas

JE Bom Dia. Fed deverá abrandar subida dos juros

Bom dia. Com a inflação a dar sinais de descida, o presidente da Fed, Jerome Powell, deverá anunciar uma subida mais contida dos juros. Em Wall Street, prossegue a época de resultados.

Revista de imprensa nacional: as notícias que estão a marcar esta quarta-feira

Pedro Nuno Santos prolonga suspensão do mandato; Fecho do ano traz otimismo mas famílias vão continuar a sofrer; Imposto fez baixar 38% a venda das bebidas mais açucaradas.

Ligações ferroviárias de Lisboa a Corunha e Madrid entre projetos apoiados pela UE

O executivo comunitário anunciou hoje que escolheu 10 projetos-piloto que apoiará para estabelecer novos serviços ferroviários ou melhorar os já existentes, apontando que, no seu conjunto, “irão melhorar as ligações ferroviárias transfronteiriças em toda a União Europeia, tornando-as mais rápidas, mais frequentes e mais acessíveis”.
Comentários