Médicos dão prazo de duas semanas para Ministério da Saúde marcar reunião

“Já fizemos seguir o pedido de reunião ao senhor ministro [da Saúde, Manuel Pizarro] e solicitámos que essa reunião se desenvolva com a celeridade que deve e estabelecemos um limite para nas próximas duas semanas sermos convocados para essa reunião”, adiantou Noel Carrilho.

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) fixou este sábado o prazo de duas semanas para o Ministério da Saúde marcar uma nova reunião, criticando o “atraso” no processo negocial em curso, de acordo com a Lusa.

No final da reunião do conselho nacional desta estrutura, Noel Carrilho falou à referida agência e adiantou que os médicos decidiram as próximas acções a tomar como resposta ao “total silêncio” do Ministério da Saúde sobre as negociações entre as duas partes. “Não nos parece justificável, mais ainda depois do senhor primeiro-ministro ter afirmado que a política se mantém e os compromissos se mantêm, que se venha a desenvolver algum atraso neste processo negocial”, sublinhou o responsável.

E acrescentou: “Já fizemos seguir o pedido de reunião ao senhor ministro [da Saúde, Manuel Pizarro] e solicitámos que essa reunião se desenvolva com a celeridade que deve e estabelecemos um limite para nas próximas duas semanas sermos convocados para essa reunião”. Além disso, a FNAM defendeu este sábado a revogação medida que “permite a médicos não especialistas exercerem a função de médicos especialistas, substituindo-se a médicos de família”.

Recomendadas

Lagarde avisa que taxas de juro vão continuar a subir

Dados da inflação na zona euro em novembro vão ser conhecidos esta semana. BCE reúne-se em meados de dezembro.

Cáritas já recebe pedidos de quem não consegue pagar empréstimo da casa

“O pânico foi imediato. O receio das pessoas, a angústia com que se aproximavam de nós a dizer ‘ai, se eu perco a minha casa’. É que nós tivemos uma crise em que houve muita gente a perder a casa; é recente ainda, está na memória das pessoas – 2008”, afirmou Rita Valadas.

Expectativas de exportação na Alemanha aumentam em novembro, diz Ifo

Depois de uma queda no mês anterior, a indústria automóvel volta a ter expectativa de crescimento nas exportações.
Comentários