Médicos Rui Nunes e Carlos Cortes disputam segunda volta das eleições para bastonário

Além de Rui Nunes e Carlos Cortes, concorreram ao cargo de bastonário para o triénio 2023/2025 Alexandre Valentim Lourenço, Bruno Maia, Fausto Pinto e Jaime Branco.

Os candidatos Carlos Cortes e Rui Nunes vão disputar a segunda volta das eleições para bastonário da Ordem dos Médicos (OM), que decorrerá de 7 a 16 de fevereiro, anunciou hoje a instituição.

Além de Rui Nunes e Carlos Cortes, concorreram ao cargo de bastonário para o triénio 2023/2025 Alexandre Valentim Lourenço, Bruno Maia, Fausto Pinto e Jaime Branco.

De acordo com os resultados provisórios do escrutínio que a Lusa teve acesso, Carlos Cortes obteve 6.059 votos, Rui Nunes 4.045 votos, Alexandre Valentim Lourenço 3.840, Bruno Maia 3.360, Jaime Branco 2.318 e Fausto Pinto 2.009 votos.

Votaram nestas eleições 23.634 médicos.

Recomendadas

Urgências de obstetrícia e ginecologia mantêm-se abertas durante o primeiro trimestre do ano

Na região de Lisboa e Vale do Tejo vai ter quatro hospitais a funcionar permanentemente, já o hospital de Portimão vai ter alguns condicionamentos aos fins de semana

Pfizer regista um lucro anual em 2022 de 31,4 mil milhões de dólares

A farmacêutica registou aumentos nos lucros e nas receitas, mas espera que em 2023 haja uma quebra da faturação, devido à diminuição nas vendas de vacinas e medicamentos contra a Covid-19.

Bastonária e 13 dirigentes da Ordem dos Enfermeiros acusados de peculato e falsificação de documento

A bastonária Ana Rita Cavaco e outros 13 dirigentes da Ordem dos Enfermeiros (OE) foram acusados pelo Ministério Público (MP), cada um, de um crime de peculato e um crime de falsificação de documento, resultado de um inquérito que corria há sete anos e que investigou um alegado esquema fraudulento para pagamento de quilómetros que as autoridades acreditam que foram pagos sem que tenham sido feitos.
Comentários