Mercado das duas rodas, triciclos e quadriciclos cresce 9% até julho

Segundo a Associação Automóvel de Portugal, os motociclos de cilindrada até 125 cm3 foram os que registaram a maior subida em julho. No sétimo mês do ano, houve um total de 2.776 unidades matriculadas no país.

O mercado português duas rodas, triciclos e quadriciclos cresceu em termos homólogos e caiu ligeiramente em cadeia. Nos primeiros sete meses deste ano, foram matriculados 25.086 veículos novos destes segmentos em Portugal, o que correspondeu a um aumento de 9,6% em comparação com o mesmo período de 2021.

No entanto, em relação ao mês passado, o mercado de representantes oficiais de marca a operar em Portugal de veículos novos de duas rodas, triciclos e quadriciclos registou uma queda de 1,3% face a julho de 2021, tendo sido matriculadas 4.534 unidades, das quais 4.420 são PTW (Powered Two and Three Wheelers).

Os dados foram divulgados esta terça-feira pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP) e mostram que os motociclos de cilindrada até 125 cm3 foram os que registaram a maior subida em julho. No sétimo mês do ano, houve um total de 2.776 unidades matriculadas em Portugal, o que representou um aumento homólogo 15,5%.

“No mês de julho de 2022 foram matriculados em Portugal 4.175 motociclos, o que representou uma queda de 1,5% face a igual mês de 2021. Em termos acumulados, de Janeiro a Julho de 2022, o número de unidades matriculadas aumentou 9,3% face ao período homólogo do ano anterior, tendo sido colocados em circulação 23.174 novos motociclos”, lê-se ainda no relatório da ACAP.

Quanto aos motociclos com cilindrada superior a 125 cm3, tiveram a maior contração no sétimo mês de 2022, em comparação com os seus pares. Ou seja, matriculados 1.399 veículos deste tipo, o que representa uma diminuição de 23,7% face ao mesmo mês de 2021.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta terça-feira.

Revista de imprensa internacional: as notícias que estão a marcar a atualidade global

FBI realiza buscas na propriedade de Donald Trump em Mar-a-Lago, nos EUA; Rússia aponta as sanções dos EUA como motivo para não receber inspeções ao seu arsenal nuclear; governo espanhol vai levar ao tribunal constitucional as regiões autónomas que incumpram acordo de redução de consumo energético

Exportações de bens aumentaram 37,1% e importações 41,6% em junho

Em termos homólogos, as variações resultaram num aumento do défice da balança comercial na ordem dos 903 milhões de euros, revelou hoje o Instituto Nacional de Estatística.
Comentários