“Mercados em Ação”. “É gravíssimo que não haja preocupações com o novo contexto macroeconómico”

“Não deixa de ser estranho. Estamos a entrar num novo contexto macroeconómico e não tem havido grandes preocupações, algo que é gravíssimo. Isso tem estado ausente do discurso político. A questão está a ser empurrada para debaixo do tapete”, considerou Steven Santos, diretor das áreas de corretagem e de plataformas de trading do banco BiG.

Com a inflação a voltar a acelerar em maio e estabelecendo novos recordes, esta deverá ser a última reunião do BCE (que acontece esta quinta-feira) antes de, pela primeira vez em onze anos, decidir subir as taxas diretoras na zona euro e, finalmente, arrancar com a normalização da política monetária.

Este foi o tema principal do programa “Mercados em Ação”, da plataforma multimédia da JE TV, que contou com a análise de Steven Santos, diretor das áreas de corretagem e de plataformas de trading do banco BiG.

“Não deixa de ser estranho. Estamos a entrar num novo contexto macroeconómico e não tem havido grandes preocupações, algo que é gravíssimo. Isso tem estado ausente do discurso político. A questão está a ser empurrada para debaixo do tapete”, considerou Steven Santos, diretor das áreas de corretagem e de plataformas de trading do banco BiG.

Relacionadas

Hora de decisões no BCE: do fim da compra de ativos à subida das taxas de juro. Veja o “Mercados em Ação”

A reunião do BCE desta quinta-feira é uma das mais importantes do ano: deverá ser decidido o fim da compra de ativos e a subida das taxas de juro. Steven Santos, diretor das áreas de corretagem e de plataformas de trading do banco BiG, comenta este e outros temas no programa da plataforma multimédia JE TV.
Recomendadas

“Falar Direito”. “Reestruturações? Quanto mais cedo se tomar decisões, maior é a probabilidade de sucesso”

“Em Portugal, há uma tendência para que os empresários não olhem para o problema no momento em que tem de ser olhado. Quanto mais cedo se tomar decisões, se fizer reestruturações (seja ela de passivo ou da atividade) maior é a probabilidade de sucesso”, considerou o advogado Nuno Gundar da Cruz no programa da JE TV.

“Este ano, há um aumento de transações por parte do cliente português em Lisboa”, destaca CEO da Savills Portugal

Geografia, clima e segurança: estes são alguns dos fatores que tornam a cidade de Lisboa cada vez mais atrativa para o mercado residencial. Foi com base nestes e noutros fatores que a Savills Portugal elaborou o estudo sobre este mercado. Veja a entrevista do jornalista Rodolfo Alexandre Reis a Patrícia de Melo e Liz, CEO da Savills Portugal.

“A Arte da Guerra”. “Colômbia? Cumplicidade com os EUA foi facilitada por nunca ter havido um Governo à esquerda”

Depois do Peru e do Chile, desta vez foi a Colômbia que, de forma inédita, votou maioritariamente, à segunda volta (e tal como já tinha sucedido na primeira), no ex-rebelde Gustavo Petro para ocupar o lugar da presidência do país. Este foi um dos temas abordados na última edição do programa “A Arte da Guerra”, da plataforma multimédia JE TV.
Comentários