“Mercados em Ação”. “Índices PMI? Vacinação alimenta expectativa de menos restrições e de atividade comercial”

“Existem razões para começar a ver alguns números bastante interessantes em termos do sentimento económico, sobretudo nas economias mais fortes, onde o processo de vacinação já está bastante avançado”, destacou Luís Tavares Bravo, head of investment advisory do Bison Bank.

Na última edição do programa “Mercados em Ação”, da plataforma JE TV, que contou com a presença de Luís Tavares Bravo, head of investment advisory do Bison Bank, o foco esteve nos índices PMI referentes a junho e que vão ser publicados pela IHS esta quarta-feira.

Este índice, indicador do bom desempenho das economias, registou um valor de 57,1 em maio, o maior desde fevereiro de 2018.

“Existem razões para começar a ver alguns números bastante interessantes em termos do sentimento económico, sobretudo nas economias mais fortes, onde o processo de vacinação já está bastante avançado”, destacou Luís Tavares Bravo, head of investment advisory do Bison Bank.

Relacionadas

Bancos centrais, PMI e matérias-primas. Veja o “Mercados em Ação”

Acompanhe o “Mercados em Ação” no site e nas redes sociais do Jornal Económico. E reveja-o através da plataforma multimédia JE TV.
Recomendadas

Especialistas apontam transformação digital como plano estratégico das empresas

Painel dedicado aos desafios da transformação digital das organizações abordou também a necessidade de investimento no sector tecnológico de forma a reter o talento nacional que cada vez mais abandona as empresas nacionais por questões salariais.

Investimento das empresas em cibersegurança já não é “coisa de ‘geek'”

O aumento do investimento das empresas na cibersegurança, bem como a educação digital e a retenção de talento foram alguns dos desafios discutidos na conferência “Futuro das TIC” organizada esta sexta-feira pelo Jornal Económico.

“50% das profissões que existem hoje vão desaparecer até 2030”, refere CEO da Academia de Código

João Magalhães referiu na conferência sobre o “Futuro das TIC” organizada esta sexta-feira pelo Jornal Económico, que a requalificação é um dos problemas críticos no mercado da tecnologia, onde existe uma “falha enorme de pessoas”.
Comentários