Mercan Properties investe 14 milhões e abre terceiro hotel no Porto em três semanas (com áudio)

O Fontinha Porto, Trademark Collection by Wyndham de 4 estrelas engloba 49 quartos com áreas entre os 21 e os 34m2, ao longo de seis pisos.

A Mercan Properties abriu pela terceira semana consecutiva uma nova unidade hoteleira na cidade do Porto. A promotora canadiana investiu 14 milhões de euros no Fontinha Porto, Trademark Collection by Wyndham.

Este novo hotel de 4 estrelas engloba 49 quartos com áreas entre os 21 e os 34m2, ao longo de seis pisos, tendo gerado 80 postos de trabalho durante a construção e 16 novos postos de trabalho para gestão, funcionamento do hotel, e nas atividades ligadas ao turismo da cidade do Porto.

Esta unidade hoteleira junta-se assim ao Sé Catedral Hotel Porto, Tapestry Collection by Hilton, inaugurado a 21 de março, num investimento de 23,8 milhões de euros, com 4 quatro estrelas e composto por 77 quartos, e ao Four Points Sheraton Matosinhos, resultante de um investimento de 19 milhões de euros, com 108 quartos.

Jordi Vilanova, presidente da Mercan Properties, salienta que “numa altura em que o trabalho remoto é um modelo implementado por muitas empresas, criámos uma opção de ‘workcation’ – um local de trabalho – de modo a que seja possível fugir à rotina e trabalhar num cenário diferente, aproveitando todas as comodidades de um hotel nas horas vagas”.

Relacionadas
Four Points Sheraton Matosinhos

Canadiana Mercan Properties investe 19 milhões de euros em hotel em Matosinhos

O projeto de reabilitação urbana conta com 108 quartos e é o segundo projeto apresentado pela promotora depois do Sé Catedral Hotel Porto, Tapestry Collection by Hilton na semana passada.

Mercan Properties investe 23,8 milhões de euros em novo hotel no Porto

O Sé Catedral Hotel Porto, Tapestry Collection by Hilton abre portas esta segunda-feira e resulta de um projeto de reabilitação urbana. É composto por 77 quartos, restaurante, bar e um café no terraço, com vista para a Sé Catedral do Porto.
Recomendadas

Transporte de passageiros continua a ser destaque na criação de novas empresas

O grande crescimento no sector dos transportes ocorreu particularmente entre as atividades ligadas ao transporte individual de passageiros e ao turismo.

Cortiça da Amorim utilizada nos novos veículos 100% elétricos do Grupo Renault

“A imperiosa necessidade de descarbonizar a economia torna a cortiça um material indispensável nesta urgente mudança de paradigma. Os infindáveis atributos da cortiça estão ao dispor de um Planeta mais sustentável”, defende António Rios de Amorim.

Renting, Factoring e Leasing Imobiliário crescem dois dígitos até setembro

O total do sector significou 30,5 mil milhões de euros, 23,8% acima dos cerca de 24,7 mil milhões dos três trimestres do ano passado e do valor similar de 2019. O maior impulso veio do confirming (serviço de gestão de pagamentos devidos aos fornecedores, permitindo ao cliente do confirming libertar capital para outras áreas).
Comentários