Meta desenvolve projeto para ajudar livrarias portuguesas no caminho da transição digital (com áudio)

Anunciado em vésperas do Dia da Livraria e do Livreiro, o projeto disponibiliza um centro de recursos, cursos de formação focados na digitalização, bem como uma ferramenta gratuita de diagnóstico digital desenvolvida para a avaliação da estratégia digital do negócio, além de disponibilizar um plano de ação personalizado.

A Meta deu a conhecer esta terça-feira a iniciativa #ApoiamosBoasIdeias nas redes sociais do grupo – Facebook, Instagram e Whatsapp -, que se propõe a apoiar as livrarias em Portugal no caminho da transição digital, a partir da adaptação da estratégia de negócio ao atual contexto socioeconómico.

Anunciado em vésperas do Dia da Livraria e do Livreiro, o projeto disponibiliza um centro de recursos, cursos de formação focados na digitalização, bem como uma ferramenta gratuita de diagnóstico digital desenvolvida para a avaliação da estratégia digital do negócio, além de disponibilizar um plano de ação personalizado.

Foi igualmente criado o guia ‘Ferramentas da Meta para as Livrarias’ de acesso gratuito, que está dividido em três secções – Facebook, Instagram e WhatsApp

Numa nota enviada esta manhã à imprensa, a tecnológica sublinha, baseando-se em dados de um estudo da Gfk, que a “transição digital das livrarias está longe de estar terminada”. De acordo com o mesmo relatório dado a conhecer pela APEL, mais de 73% das vendas de livros em Portugal são em lojas físicas, e apenas 14,7% são através de vendas online.

“Portugal destaca-se, com 72% das PME inquiridas a confirmarem que utilizaram os produtos da Meta para alcançar novos públicos. Assim, a empresa desenvolveu um guia para as livrarias locais e independentes seguirem esta tendência das PME portuguesas, e potenciarem a divulgação e a venda nas suas plataformas online”, refere o grupo no mesmo comunicado.

Recorrendo a dados de um inquérito recente da Ipsos às PME, o grupo destaca que as redes sociais da Meta “são imprescindíveis para chegar a novos públicos”.

Nas palavras de Irene Cano, Country Manager da Meta em Portugal e Espanha, o grupo entende que o “guia vai ser uma ferramenta indispensável para as livrarias portuguesas”, tendo sido identificadas, “entre as múltiplas possibilidades dentro do Facebook, Instagram e WhatsApp, as ferramentas que podem fazer crescer os negócios dos livreiros e alcançar mais pessoas”.

“Acreditamos que as redes sociais são a melhor forma das pessoas se ligarem aos negócios locais, assim como de encontrarem os produtos ideais, especialmente na época natalícia que se aproxima. É por isso que na Meta continuamos a investir em novas formas de apoiar as pequenas e médias empresas”, explica.

 

Recomendadas

Joalharia, tradição, singularidade e mestria artesanal

As joia, testemunhos de ligação entre gerações, devem ser um legado de arte, de memórias e de valores. Fique a par das novidades de uma indústria pioneira na sustentabilidade.
Capa_Livro_Zero_to_One_Weekend_960_600

Não há nenhuma razão para que o futuro só aconteça em Silicon Valley

Weekend: A equipa da Instinct deixa-lhe sugestões de entrevistas, livros, filmes, séries, podcasts e artigos que o vão ajudar a entender, refletir e inspirar sobre o futuro para inovar com impacto.

Projeto “Ponte nas ondas” integra Boas Práticas de Património Imaterial da UNESCO

O projeto luso-galaico “Ponte nas Ondas” foi hoje reconhecido pela UNESCO, em Rabat, Marrocos, passando a integrar o Registo de Boas Práticas de Salvaguarda de Património Cultural Imaterial daquela organização internacional, tornando-se na primeira candidatura portuguesa da lista.
Comentários