Metro de Lisboa arranca com concurso para expansão entre o Rato e o Cais do Sodré

Empresas interessadas em participar no concurso terão de manifestar a sua vontade e participar numa sessão de consulta agendada para a próxima quinta-feira, dia 20 de dezembro.

Metro De Lisboa

O Metropolitano de Lisboa (ML arrancou esta semana com os primeiro procedimentos para a abertura do concurso público para a execução dos toscos no âmbito da concretização do plano de expansão do ML, com o prolongamento das linhas amarela e verde, entre o Rato e o Cais do Sodré.

De acordo com um anúncio publicado por esta empresa pública de transportes, este procedimento surge na sequência da resolução do conselho de Ministros, do passado dia 14 de dezembro.

Nesse sentido, o ML “irá promover o lançamento do procedimento de formação de contrato público para a execução dos toscos” no referido trajeto.

“Antes da abertura do procedimento, o Metropolitano de Lisboa, E.P.E. propõe-se realizar uma consulta preliminar ao mercado para potenciais agentes económicos interessados nem participar no procedimento de formação do contrato, nos termos de para os efeitos do disposto no artigo 35º-A do Código dos Contratos Públicos”, assume a empresa no referido anúncio.

O ML adianta que será realizada uma sessão de consulta informal ao mercado no auditório da empresa, na estação do metro do Alto dos Moinhos, em Lisboa, no próximo dia 20 de dezembro (quinta-feira), entre as 10 e as 13 horas.

Para participar nesta sessão de consulta, os agentes económicos deverão demonstrar o seu interesse até às 12 horas do dia 19 de dezembro (amanhã), através de mensagem de correio eletrónico.

Até às 17 horas desse mesmo dia, o ML confirmará a inscrição para essa mesma sessão de consulta também através de correio eletrónico.

Recomendadas

Emissão obrigacionista da Sonangol é “bem vinda” para a bolsa angolana

Segundo o responsável do Departamento de Desenvolvimento de Mercado da Bodiva, Nivaldo Matias, a iniciativa da Sonangol ainda não foi dada a conhecer formalmente à instituição, contudo, a decisão da petrolífera é “bem-vinda”.

Novabase suspende programa de recompra de ações

A tecnológica já tinha suspendido o programa em junho, tendo depois voltado a retomá-lo. Segundo informação publicada nessa altura, o programa estava previsto durar até 31 de dezembro de 2023.

Trabalhadores da Autoeuropa rejeitam pré-acordo laboral que previa aumento de 5,2%

Dos mais de cinco mil trabalhadores da fábrica de automóveis da Volkswagen, em Palmela, no distrito de Setúbal, só 3.865 exercerem o direito de voto, 2.007 dos quais votaram contra o pré-acordo e 1.826 a favor. Houve ainda 10 votos nulos e 22 brancos.
Comentários