Metro do Porto lança concurso para comprar 18 novas composições

As obras de expansão do Metro do Porto deverão estar concluídas em 2023 e acrescentarão 5,6 quilómetros e sete estações à rede.

Metro do Porto

O Metro do Porto abriu esta sexta-feira, 21 de dezembro, o concurso público internacional para a aquisição e manutenção de 18 novas composições.

“Este concurso, orçado em 56,1 milhões de euros, inclui a manutenção total das composições, por um período de cinco anos”, explica um comunicado do Ministério do ambiente, que tutela a Metro do Porto.

De acordo com este documento, “com este investimento, a frota do Metro do Porto passará a contar com 120 unidades, garantindo a qualidade do serviço num cenário de forte aumento de procura, motivada pelo alargamento da rede”.

“Até ao final o ano será também aberto um aviso-convite, através do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR), cuja reprogramação foi recentemente aprovada pela Comissão Europeia, com vista ao apoio a investimentos infraestruturais que promovam a mobilidade urbana de baixo teor de carbono”, acrescenta o referido comunicado.

O Ministério do Ambiente adianta que “este aviso-convite, que tem uma dotação de 107 milhões de euros, permitirá um investimento total na expansão da rede orçado em 307,7 milhões de euros”.

“A restante parcela do financiamento será assegurada através do Fundo Ambiental”, assume o ministério liderado por João Pedro Matos Fernandes.

O comunicado relembra que a expansão do Metro do Porto inclui os projetos de construção da Linha Amarela (Santo Ovídio – Vila D’Este) e da Linha Rosa (Casa da Música – S. Bento).

“Com este alargamento da rede do metro garante-se, assim, a cobertura de zonas urbanas não servidas e a melhoria da fluidez da circulação e a interoperabilidade na rede do Metro do Porto”, defende o documento.

O Ministério do Ambiente considera que “as obras de expansão do Metro do Porto deverão estar concluídas em 2023 e acrescentarão 5,6 quilómetros e sete estações à rede”.

 

Relacionadas

Novas estações do metro de Lisboa e do Porto aprovadas

Na capital, a linha amarela e a verde vão ser ampliadas e haverá duas novas estações (Estrela e Santos). Na ‘Invicta’, os passageiros vão poder usar uma nova linha: a rosa.
Recomendadas

EDP Renováveis vende Companhia Paranaense de Energia por 350 milhões de euros

A venda foi feita por um Enterprise Value (inclui dívida) estimado de 1,80 mil milhões de reais a 31 de dezembro de 2021 (o que equivale a 0,35 mil milhões de euros à taxa cambial de 5,16 euros/um real), e que será ajustado à data de conclusão.

Sindicatos desconvocam greve no Metro de Lisboa marcada para quarta-feira

No entanto, a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações entregou um novo pré-aviso de paralisação para 25 de outubro.

Talent Protocol compra empresa canadiana ligada à blockchain

A escolha recaiu sobre a Agora Labs, fundada por um grupo de quatro adolescentes. Matthew Espinoza (agora com 20 anos) e Freeman Zhang (de 19 anos) juntam-se à equipa da startup portuguesa dos ‘tokens’ para profissionais talentosos.
Comentários