Microsoft, Google ou Amazon entre as empresas que cancelaram presença física na CES

Facebook, General Motors, Waymo, Twitter, Lenovo ou AT&T também cancelaram no início da semana os planos de ter um expositor em Las Vegas ou oradores no palco, entre os dias 5 e 8 de janeiro.

A Microsoft é mais recente empresa a descartar a presença física na feira de tecnologia Consumer Electronics Show (CES), que se realiza no início de janeiro, em Las Vegas, nos Estados Unidos. A gigante tecnológica junta-se assim a uma lista já vasta de empresas globais, como a Google ou a Amazon, a cancelar a ida ao evento devido às preocupações em torno da propagação da variante Ómicron.

A tecnológica fundada por Bill Gates e Paul Allen vai manter a participação na CES mas exclusivamente online, segundo a informação inicialmente transmitida pelo portal de notícias norte-americano “The Verge” e confirmada pela Microsoft através de comunicado na véspera de Natal.

A Microsoft segue assim a pisada de outras empresas, entre as quais também a Facebook, a General Motors, a Waymo, a Twitter, a Lenovo ou a AT&T, que no início da semana cancelaram os planos de ter um expositor nos corredores da CES ou oradores em palco.

Na quinta-feira, a organização do CES confirmou que a feira avançaria em formato presencial, entre os dias 5 a 8 de janeiro, com fortes medidas de segurança em vigor, como a utilização obrigatória de máscara, apresentação do certificado digital de vacinação e disponibilização de testes à Covid-19 para os participantes.

“O nosso acesso digital também está disponível para as pessoas que não querem ou não podem viajar para Las Vegas. A nossa missão continua a ser convocar a indústria e dar àqueles que não podem comparecer pessoalmente a capacidade de experimentar a magia do CES digitalmente”, explicou a Consumer Electronics Association.

A CES admitiu que recebeu 42 cancelamentos de expositores desde a passada sexta-feira, o que corresponde a menos de 7% da zona de exposições, mas informou teve 60 novos expositores no mesmo período de tempo e que as “milhares” de inscrições tanto para o formato online como para o presencial “continuam a mostrar um forte impulso”.

Recomendadas

CGD vai continuar com uma posição de capital acima da média da Europa, diz Paulo Macedo

O presidente da Comissão Executiva da CGD disse hoje que o banco vai continuar com uma das maiores redes de agências e com uma posição de capital acima da média da Europa e acima dos bancos portugueses.

Alliance Healthcare tem um novo CEO

Paulo Clímaco Lilaia é o novo CEO da Alliance Healthcare, anunciou a empresa que  armazena e distribui produtos farmacêuticos, em comunicado.

Unicórnio Feedzai nomeia David Henshall para o conselho de administração

O antigo presidente e CEO da norte-americana Citrix Systems juntou-se à gestão da empresa liderada por Nuno Sebastião, conhecida pela sua plataforma digital de gestão de risco e fraude financeira.
Comentários