Miguel Raposo Alves é o novo CEO do angolano Millennium Atlântico

Além de Miguel Raposo Alves, que assume o cargo de presidente da comissão executiva, o banco passa a contar com Mauro Santos Neves enquanto administrador executivo e com José Carlos Burity na qualidade de administrador independente, não executivo.

Miguel Raposo Alves é o novo presidente executivo do banco Millenium Atlântico, que passa a contar com dois novos administradores. Os três nomes, designados na assembleia geral de acionistas do banco, já foram aprovados pelo Banco Nacional de Angola, afirma o banco num comunicado divulgado esta sexta-feira.

“Esta recomposição do conselho de administração e da comissão executiva surge no seguimento do pedido de substituição apresentado, há cerca de um ano, por Daniel Carvalho dos Santos, justificado com razões de ordem pessoal e familiar, e também pela necessidade de conformar o modelo de governo, e em particular a constituição dos órgãos sociais do Atlântico com os novos requisitos regulamentares do Banco Nacional de Angola”, refere a instituição.

O CEO Miguel Raposo Alves vai trabalhar lado a lado com Mauro Santos Neves na função de administrador executivo e com José Carlos Burity enquanto administrador independente, não executivo.

Até à sua designação para CEO do banco angolano, Miguel Raposo Alves desempenhava funções de managing director & CEO na Hemera Capital Partners, tendo mais de 25 anos de experiência no sector financeiro internacional.

Já Mauro dos Santos Neves tem mais de 12 anos de experiência no sector bancário angolano, com prática nas áreas de mercados financeiros e gestão de ativos, negociação de linhas de crédito e ‘trade finance’ junto de instituições financeiras internacionais. Por outro lado, José Carlos Burity “tem um longo e experimentado percurso profissional na gestão de risco de crédito e do corporate governance”, indica o Millenium Atlântico.

Recomendadas

Banco de Portugal divulga lista de 11 entidades sem autorização para conceder crédito

O Banco de Portugal divulgou esta sexta-feira uma lista de 11 entidades que não estão habilitadas a conceder, intermediar ou exercer consultadoria de crédito. Saiba quais são.

PremiumAtrasos do FdR adiam recuperação de 180 milhões de crédito ao Novobanco (com áudio)

A venda da carteira “Harvey” pelo Novobanco à Deva e à Arrow foi a mais recente a ser chumbada pelo Fundo de Resolução, mas não a única.

PremiumBancos fecham acordo com a DK para venda da ECS por 850 milhões (com áudio)

O acordo para venda dos fundos foi assinado na semana passada. A operação fica agora dependente da aprovação dos reguladores, devendo ficar concluída apenas no quarto trimestre.
Comentários