PremiumMineiro Aires: “Quase metade da água perde-se antes de chegar às torneiras”

O bastonário da Ordem dos Engenheiros tem um conhecimento profundo do setor da água, que considera estar muito desenvolvido, mas com problemas ainda por resolver, como o investimento na renovação da rede de abastecimento.

Carlos Mineiro Aires tem uma longa experiência no setor da água em Portugal, no qual iniciou a carreira. Liderou o Instituto da Água durante mais de sete anos e também a SIMTEJO, a concessionária do sistema multimunicipal de saneamento dos municípios de Lisboa, Loures, Vila Franca de Xira, Amadora, Mafra e Odivelas. Na entrevista ao programa Decisores, diz que Portugal está na linha da frente quando se fala em abastecimento de água e saneamento básico, mas que falta ainda resolver problemas, como o das perdas no transporte.

Conhece bem o setor da água, que retrato é que faz do setor?

Portugal hoje é um país com muito boas infraestruturas no que diz respeito ao abastecimento de água e do saneamento básico. Longe vão os tempos em que o esgoto escorria diretamente para as praias e longe vão os tempos em que não sabíamos se a água que corria nas nossas torneiras era potável. Portanto, no que diz respeito a indicadores e ao desempenho, nós estamos nos lugares da frente no mundo. O mesmo acontece com a qualidade das águas doces do interior e das águas marítimas, e essa informação está completamente acessível ao público, o mesmo acontecendo com as análises à água potável.

No saneamento das águas e dos resíduos, temos um regulador que tem estado bem e com informação disponível. Todavia, existem situações que necessitam de ser fechadas.

 

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Relacionadas

Veja aqui o programa “Decisores”, esta semana com o bastonário da Ordem dos Engenheiros

O bastonário da Ordem dos Engenheiros, Carlos Mineiro Aires, é o convidado desta semana do programa ‘Decisores’, transmitido no site e nas redes sociais do Jornal Económico.
Recomendadas

Venezuela prepara acordos com petrolífera Chevron após alívio de sanções

A Venezuela anunciou hoje que vai assinar, nas próximas horas, acordos com a petrolífera norte-americana Chevron para impulsionar o desenvolvimento local de empresas mistas (capital público e privado) e a produção de petróleo.

“Via Verde rejeita categoricamente qualquer acusação de burla” que circule no Portal da Queixa

“Sempre que um cliente passa numa portagem e a transação falha, a Via Verde comunica diretamente com o cliente a dar conta de um eventual problema”, justifica. “Este alerta visa sempre proteger os clientes. Se o problema for confirmado, o cliente pode subscrever um plano Via Verde ou, se assim preferir, comprar um identificador novo”, esclarece fonte oficial da empresa ao JE.

ORES Portugal compra três hipermercados por 26,2 milhões que alugará ao Continente

Os três ativos imobiliários são objeto de contratos de arrendamento de longa duração com o Continente, do grupo Sonae, segundo um comunicado da SIGI do Bankinter e da Sonae Sierra.
Comentários