Ministério da Educação já distribuiu 750 mil computadores pelas escolas

Segundo o Ministério da Educação “o volume de computadores comprados e já distribuídos em Portugal é muito superior aos equipamentos comprados em campanhas similares nos países europeus”

A somar os computadores distribuídos em 2020, o primeiro ano de pandemia e o primeiro de ensino remoto (450 mil), com os computadores entregues nas escolas no primeiro período letivo de 2021 (300 mil) foram já entregues 750 mil computadores aos estudantes e docentes do ensino público, segundo informação do Ministério da Educação enviada ao Jornal Económico (JE). Isto numa altura em que está em cima da mesa a possibilidade dos estudantes regressarem à telescola, uma vez que o número de casos positivos no país continua a atingir novos tetos.

Além dos computadores o Ministério cedeu “ kits, que incluem mochila, hotspot e auscultadores” o que “significou um investimento de 156 milhões de euros”. Ao todo foram já investidos “221 milhões de euros, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência”, refere o gabinete de Tiago Brandão ao JE.

“Apesar das contingências do mercado – que, desde a primeira hora, tornaram esta operação muito complexa – com a conhecida escassez de componentes informáticos, bem como com as conhecidas vicissitudes ao nível do transporte de mercadorias, foi possível montar um plano que permitiu responder às necessidades mais prementes das escolas, o que possibilitou o ensino à distância”, apontam.

Segundo o Ministério “o volume de computadores comprados e já distribuídos em Portugal é muito superior aos equipamentos comprados em campanhas similares nos países europeus”. Ficam a faltar 300 mil computadores para as escolas, dos 600 mil prometidos para o ano letivo de 2021.

Na possibilidade do ensino remoto regressar no começo no segundo período, o presidente da Associação de Diretores de Agrupamentos de Escolas Públicas (ANDAEP) Filinto Lima garante que “existem condições” para o fazer, uma vez sendo que o Ministério da Educação tem distribuído parte dos computadores prometidos, mas também porque alunos pais já se preparam para a eventualidade da telescola regressar.

O ensino remoto poderá ser opção devido ao aumento de casos, mas será preciso ouvir a reavaliação da situação pandémica, do primeiro-ministro, a 5 de janeiro. Esta quinta-feira Portugal atingiu um novo máximo diário de mais 28.659 casos positivos de Covid-19, o que representa mais 1.792 casos comparativamente a quarta-feira.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

Dia Mundial do Professor. Marcelo felicita docentes pela “competência, dedicação e entusiasmo”

Numa nota publicada na página da Presidência da República na internet, é recordado que hoje se assinala o Dia Mundial do Professor, instituído pela UNESCO para “evidenciar o papel dos professores, absolutamente essencial para o sucesso das novas gerações e no desenvolvimento das sociedades”.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira, 4 de outubro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta terça-feira.
Comentários