Ministra da Agricultura ouvida hoje na AR para esclarecer polémica Carla Alves

No final da semana passada, Maria do Céu Antunes reiterou desconhecer qualquer processo judicial que envolvesse Carla Alves.

A ministra da Agricultura vai ser hoje ouvida no parlamento sobre a nomeação da ex-secretária de Estado Carla Alves, que se demitiu um dia após tomar posse, numa sessão onde vai ser ainda abordado o estado do sector.

Em causa estão requerimentos dos grupos parlamentares do Chega, Iniciativa Liberal (IL) e do PSD, bem como da deputada única do PAN, sobre a nomeação de Carla Alves como secretária de Estado da Agricultura, em substituição de Rui Martinho, que saiu por motivos de saúde.

Os deputados querem conhecer os procedimentos que levaram à escolha da então secretária de Estado e pedem ainda à ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, que esclareça quando é que teve conhecimento do processo judicial relacionado com as contas arrestadas de Carla Alves e do seu marido, o antigo autarca de Vinhais, Américo Pereira.

No final da semana passada, Maria do Céu Antunes reiterou desconhecer qualquer processo judicial que envolvesse Carla Alves, justificando a escolha da mesma para o cargo por ser “uma pessoa muito querida na região, dos seus agricultores, que estava no ministério desde 2018 e tinha todas as condições”.

Instada pelos jornalistas, em Vila Real, a ministra remeteu esclarecimentos adicionais para a audição que hoje vai decorrer.

A 5 de janeiro, um dia após tomar posse, Carla Alves apresentou a sua demissão por entender não dispor de “condições políticas e pessoais” para iniciar funções, depois de o jornal Correio da Manhã ter noticiado o arresto de contas bancárias conjuntas que a então secretária de Estado da Agricultura tinha com o marido.

O Ministério Público acusou de vários crimes e mandou arrestar bens do advogado e antigo autarca socialista, que saiu da liderança do município em 2017, num processo de mais de 4,7 milhões de euros que tem mais três arguidos.

Horas antes de ser conhecida a demissão, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, tinha considerado que Carla Alves tinha uma “limitação política”.

O primeiro-ministro, António Costa, já assegurou que mantém a confiança política em Maria do Céu Antunes, numa altura em que tem lidado com várias demissões no seu Governo.

Além da polémica Carla Alves, a ministra vai hoje à Assembleia da República, a pedido do Chega e da IL, para ser questionada sobre as Direções Regionais da Agricultura, cuja transferência de poderes tem levado à contestação por parte do setor.

Maria do Céu Antunes é ainda chamada, através de um requerimento da IL, a apresentar a resposta do executivo à situação da seca que afetou o país, fenómeno que, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), já terminou em “praticamente todo o território”.

Paralelamente, o grupo parlamentar do PCP apresentou um requerimento para ouvir a ministra sobre os baixos rendimentos da atividade agrícola em 2022 e sobre a necessidade de apoio aos pequenos e médios agricultores.

Relacionadas

Alexandra Leitão afirma que ex-secretária de Estado do Turismo viola frontalmente a lei (com áudio)

Esta posição foi transmitida pela ex-ministra socialista no programa “Princípio da Incerteza”, transmitido na CNN/Portugal e TSF, durante o qual também fez um rasgado elogio à atuação da ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes.

Aprovado mecanismo de pré-escrutínio a futuros governantes

O Conselho de Ministros aprovou a proposta de criação de um mecanismo de escrutínio prévio a futuros governantes. Convidados vão ter de responder a 34 perguntas sobre cinco áreas, incluindo situação fiscal e responsabilidades penais ou outro tipo de processos.

Parlamento aprova audição da ministra da Agricultura

O parlamento aprovou hoje a audição da ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, depois da polémica envolvendo a ex-secretária de Estado da Agricultura Carla Alves, que se demitiu depois da notícia do arresto de várias contas bancárias.

“É um festival de demissões. Um Governo que parece estar em decomposição”, refere Marques Mendes (com áudio)

O comentador político considera que António Costa não está a saber lidar com a maioria absoluta que recebeu do povo português. “Se esta degradação continua, acho que vai ser difícil o Governo chegar a 2026”, afirma.

Ministra da Agricultura garante que desconhecia questões judiciais em torno da ex-secretária de Estado (com áudio)

A governante esclareceu o desconhecimento desde caso em comunicado depois do jornal “Público” ter noticiado esta sexta-feira que Maria do Céu Antunes sabia, através da própria ex-secretária de Estado relativamente às contas arrestadas e ao processo contra o marido de Carla Alves.

Ministra da Agricultura sabia de processo a marido da Secretária de Estado

Carla Alves demitiu-se no âmbito da revelação do arresto de contas bancárias que partilha com o marido, ex-presidente da Câmara de Vinhas.

Demissão de Carla Alves revela “incapacidade política” da ministra, diz a CAP

Confederação dos Agricultores de Portugal pede que seja apurado se a ministra Maria do Céu Antunes sabia das “circunstâncias graves” que levaram à demissão de Carla Alves.

Secretária de Estado da Agricultura demite-se 24 horas após tomar posse (com áudio)

A secretária de Estado da Agricultura apresentou a demissão esta quinta-feira, 24 horas após ter tomado posse e de o Presidente da República a ter dito que era um “peso político negativo”.

Carla Alves “tem uma limitação política” e deve ajuizar condições, diz Marcelo Rebelo de Sousa

Em declarações aos jornalistas, no Teatro São Luiz, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa referiu que a recém-empossada secretária de Estado “não é arguida, não é acusada”, portanto, “não há, neste momento, com os factos conhecidos, nenhum caso de inconstitucionalidade ou ilegalidade”.

“Não vejo razão para não ser membro do Governo”. Costa defende secretária de Estado da Agricultura

O primeiro-ministro disse que na conta conjunta da secretária de estado da Agricultura com o marido “apenas constam os rendimentos do trabalho”.

Marido da nova secretária de Estado da Agricultura garante que acusação do Ministério Público “é mentira” (com áudio)

Os dois têm várias contas arrestadas desde março de 2022. Américo Pereira entende que o envolvimento da sua mulher no caso é uma “autêntica vergonha” e que a acusação do Ministério Público se trata de um “erro contabilístico”.

Contas de nova Secretária de Estado da Agricultura arrestadas pela Polícia Judiciária (com áudio)

Polícia Judiciária arrestou as contas da recém-empossada Secretária de Estado da Agricultura em março de 2022 depois de notar que entrava mais dinheiro do que era declarado.
Recomendadas

Governo realiza audição pública de propostas das zonas para energia renovável offshore

A audição é aberta a todos os cidadãos, organizações, entidades, municípios que queiram apresentar sugestões.

Rui Tavares em “Discurso Direto”: “Porque não um governo de esquerda com ministros de vários partidos?”

Discurso Direto é um programa do Novo Semanário e do Jornal Económico onde todas as semanas são entrevistados os protagonistas da política, da economia, da cultura e do desporto. Veja a entrevista ao deputado único e líder do Livre, Rui Tavares.

Baixas até três dias podem vir a ser emitidas pelo SNS24

A alteração vai ser proposta na quarta-feira, com o grupo parlamentar a quer adicionar o “serviço digital do SNS” como prova de doença.
Comentários