Ministro da Saúde inicia processo de dissolução de consultora (com áudio)

Manuel Pizarro já iniciou o processo de dissolução da Manuel Pizarro-Consultoria e reconhece incompatibilidade.

O Ministro da Saúde, Manuel Pizarro iniciou, esta segunda-feira, o processo de dissolução de empresa na área da saúde, na qual era gerente.

Em comunicado, o gabinete do Ministério da Saúde explica que “ciente de que o exercício de funções como Ministro é incompatível com a integração em corpos sociais de pessoas coletivas de fins lucrativos, Manuel Pizarro, sócio-gerente da empresa ‘Manuel Pizarro – Consultadoria, Lda’, iniciou o processo de dissolução da mesma”.

O ministério diz que o “processo que não se encontra ainda concluído por ser necessário proceder à venda de um ativo da empresa, um imóvel de 38 m2, localizado no Porto. A escritura está marcada para os primeiros dias de outubro”.

No comunicado é ainda referido que “o Ministro da Saúde apresentará a declaração única de rendimentos, património, interesses, incompatibilidades e impedimentos dentro do prazo previsto, até 60 dias após a tomada de posse”.

Três semanas depois de ter tomado posse, o Ministro da Saúde ainda era gerente de uma empresa na área da saúde. Isso colocava-o numa situação de incompatibilidade

 

Recomendadas

Marcelo avisa que “é preciso manter a democracia viva e repensá-la constantemente”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, defendeu hoje que “é preciso manter a democracia viva e repensá-la constantemente” para evitar o aparecimento de respostas “fora do sistema e quase à margem”.

PR espera “evolução positiva” no sentido da paz e estabilização em São Tomé e Príncipe

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, manifestou hoje preocupação face à tentativa de golpe de Estado que aconteceu em São Tomé e Príncipe, mostrando-se esperançado numa “evolução positiva” no sentido da paz.

Chega recomenda ao Governo que reconheça a Rússia como Estado “patrocinador do terrorismo internacional”

O partido de Ventura defende que está na altura de Portugal tomar uma posição em relação a esta matéria.
Comentários