Misericórdia contrata grupo Gabriel Couto para empreitada de 7,5 milhões

Reabilitação e construção de um empreendimento imobiliário no centro de Lisboa vai permitir a oferta de 32 novos apartamentos de tipologias diversas.

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa avançou com o desenvolvimento de um novo projeto imobiliário localizado no centro de Lisboa, através da construção de um novo edifício na praça José Fontana e da ampliação e recuperação de um imóvel existente no terreno, “de modo a valorizar o seu património e adaptá-lo às novas necessidades e expectativas da cidade de Lisboa e dos mercados”.

Em comunicado, a construtora Gabriel Couto refere que a empreitada de reabilitação e construção deste novo projeto imobiliário promovido pela SCML e localizado no centro da cidade de Lisboa “foi confiada à empresa nossa empresa”, por um valor que, apurou o JE, ronda os 7,5 milhões de euros.

Existem atualmente três construções no local, sendo que o edifício de gaveto e o edifício térreo serão demolidos para dar lugar ao edifício novo, reabilitando-se e ampliando-se o terceiro.

O edifício novo será realizado num único bloco estrutural, sendo constituído por três caves e sete pisos acima do solo. No piso zero estão previstas algumas lojas.

No edifício a manter, está prevista a ampliação de um piso no topo e construção de uma nova cobertura, assim como toda a reformulação controlada na organização dos pisos e interna dos diversos apartamentos, e a introdução de um novo elevador.

Com uma área de construção global superior 6.300 m2, este novo projeto inserido num Lote de 1.700 m2 prevê a construção de 32 novos apartamentos de diferentes tipologias, desde T0 a T3, assim como a pavimentação do exterior criando arruamentos, passeios e zonas verdes, sendo o prazo global da empreitada de 24 meses.

A Santa Casa é detentora de um vasto e diversificado património imobiliário, sobretudo em Lisboa, mas que se estende por todo o território nacional. Muito deste património imobiliário é utilizado como estruturas residenciais para pessoas idosas, creches, unidades de saúde e outros serviços.

 

Recomendadas

Grupo Stellantis e DST Solar nas Agendas Mobilizadoras

A inovação verde para a indústria automóvel passa pelas Agendas Mobilizadoras. O ISQ&CTAG irá investir 6,2 milhões de euros.

TAAG recebe aviso de greve dos pilotos com início a 7 de outubro

O Sindicato de Pilotos de Linha Aérea (SPLA) decretou uma greve a partir de 7 de outubro, tendo já sido enviado o aviso de greve à TAAG – Linhas Aéreas de Angola na sexta-feira, anunciou este sábado a companhia aérea angolana.

Infraestruturas de Portugal registou lucro de 32,4 milhões no primeiro semestre

Este valor significa uma recuperação de 71,3 milhões de euros em comparação com os prejuízos de 38,9 milhões de euros verificados no mesmo período de 2021.
Comentários