Mitt Romney acusa Trump de ignorar ameaças russas e menosprezar ataque informático

O antigo candidato republicano à Presidência voltou a atacar Donald Trump numa série de entrevistas na manhã deste domingo, falando num ataque “muito prejudicial” para os EUA. O presidente eleito Biden já prometeu consequências para os russos, apesar de Putin continuar a rejeitar quaisquer responsabilidades.

Mitt Romney, senador e antigo candidato presidencial republicano, considera que o ataque informático de que foram alvo os EUA é extremamente prejudicial para o país e acusa o ainda presidente Trump de ignorar a ameaça que constitui a Rússia, como noticia a Reuters.

As autoridades norte-americanas revelaram esta semana que várias agências federais da maior economia do mundo haviam sido alvo de um ataque informático de larga escala que terá comprometido a informação que retêm. As mesmas autoridades foram prontas a apontar o dedo à Rússia, que continua a negar estar por detrás do ataque.

Quem também parece ignorar as conclusões dos investigadores americanos é o presidente do país, que apenas abordou o assunto no sábado sob a forma de uma publicação no Twitter na qual desvalorizou a importância do ataque, bem como a probabilidade de este ter sido levado a cabo por piratas informáticos russos.

“Parece-me que temos de reconhecer que o presidente tem a Rússia num ângulo morto”, ilustrou Romney numa entrevista este domingo na NBC. O presidente eleito Joe Biden já fez saber que considerará uma série de possibilidades retaliatórias para com os russos, que poderão incluir sanções a altos representantes do país ou até mesmo ataques de resposta da mesma natureza.

Recomendadas

ONU em São Tomé elogia autoridades após ataque a quartel e pede que país seja “bom aluno”

Em entrevista à Lusa, Eric Overvest declarou que o escritório da ONU em São Tomé e Príncipe acompanhou, ao longo do dia, os acontecimentos, junto das autoridades, na sequência do assalto, por quatro homens, ao quartel militar, que o primeiro-ministro, Patrice Trovoada, classificou como “tentativa de golpe de Estado”.

PremiumJoe Biden arrisca teto para o preço do petróleo russo

A decisão não conseguiu consenso na União Europeia. Moscovo adverte que pode ser o primeiro passo para uma crise petrolífera sem precedentes. Com a Ucrânia às escuras e com frio, o Kremlin acha que a NATO já está a combater a Rússia.

Ex-ministro das Finanças do Luxemburgo vai liderar fundo de resgate da zona euro

Num comunicado hoje divulgado, o fundo de resgate do euro indica que “o Conselho de Governadores do Mecanismo Europeu de Estabilidade, que junta os 19 ministros das Finanças da moeda única, nomeou hoje o ex-ministro das finanças luxemburguês Pierre Gramegna para o cargo de diretor-executivo”, que ocupa a partir de 1 de dezembro.
Comentários