Moção de rejeição do PS: a única a ser votada

A Moção de Rejeição do Partido Socialistas será a única a ser votada, avança o Observador que confirmou a informação junto do líder parlamentar e presidente do PS, Carlos César. Segundo aquele jornal online, “será o texto socialista a derrubar o Governo de Passos Coelho e Paulo Portas”. O Observador exlica que “ficou acordado entre […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A Moção de Rejeição do Partido Socialistas será a única a ser votada, avança o Observador que confirmou a informação junto do líder parlamentar e presidente do PS, Carlos César.

Segundo aquele jornal online, “será o texto socialista a derrubar o Governo de Passos Coelho e Paulo Portas”. O Observador exlica que “ficou acordado entre PS, PCP, BE e PEV que apesar de os partidos apresentarem os seus textos, será o do PS o primeiro e único a ser votado. Isto porque assim que a moção for aprovada, as restantes (que pretendem o mesmo efeito, ou seja, derrubar o Governo PSD/CDS) ficam prejudicadas e não podem ser votadas”.

OJE

Recomendadas

Conselho Nacional do Chega reúne-se hoje para marcar convenção nacional

O Chega reúne hoje o seu Conselho Nacional para marcar a próxima convenção do partido, na sequência do chumbo dos estatutos pelo Tribunal Constitucional, e a direção vai propor que decorra no último fim de semana de janeiro.

Prisões têm sido acompanhadas “de muito perto” mas ainda há problemas de sobrelotação

A provedora de Justiça garantiu hoje que o sistema prisional tem sido acompanhado “de muito perto”, através do Mecanismo Nacional de Prevenção (MNP), reconhecendo que ainda há estabelecimentos prisionais com problemas graves de sobrelotação.

Demora nas autorizações de residência é “problema grave”

A provedora de Justiça alertou hoje para o “problema grave” que é a demora nos processos relativos aos pedidos de autorização de residência dos imigrantes e estrangeiros, cujo número de queixas tem vindo a aumentar.