Modelos da Tesla vão ter ‘autopiloto’ até ao final do ano

A informação foi dada pelo próprio Elon Musk, CEO da Tesla, em resposta à pergunta de um cibernauta sobre quando estaria disponível a implementação definitiva deste sistema.

A revelação tinha sido feita pelo fabricante de automóveis elétricos Tesla Motors no passado dia 20 de outubro: Todos os modelos, produzidos a partir desse dia, estariam equipados com tecnologia que lhes iria permitir num futuro próximo terem condução autónoma, incluindo o modelo 3, o modelo S e o X.

Questionado no Twitter por um cibernauta sobre quanto tempo demoraria até à implementação definitiva deste sistema, o próprio CEO, Elon Musk respondeu que o  sistema estaria disponível “daqui a cerca de três semanas”.

A tecnologia consiste em oito câmaras que permitem uma visão de 360 graus à volta do carro num raio de 250 metros, 12 sensores ultrassónicos para detetarem objetos e um radar para ajudar na navegação em ambientes de chuva, pó ou nevoeiro.

“Os veículos autónomos vão desempenhar um papel crucial na melhoria da segurança de transporte e acelerar a transição do mundo para um futuro sustentável. A autonomia total vai permitir à Tesla ser substancialmente mais segura que um condutor humano, reduzir o custo financeiro do transporte para quem tem carro e disponibilizar mobilidade de baixo custo para os que o não tem”, informou a empresa em outubro, através de um comunicado no site da empresa. A companhia disse ainda que não vai permitir a utilização da nova tecnologia sem antes testar e melhorar o sistema até à exaustão.

Recomendadas

Premium“Somos a ótica das pessoas e que traz o know how francês”, diz CEO do grupo MonOpticien

Em entrevista ao JE, o CEO do grupo MonOpticien, Florent Carriére, explica o modelo de subscrição que traz para Portugal. “O meu concorrente não é a Multióticas, é a a Netflix e o Spotify”, sublinha.

Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.

Região de Coimbra lança Academia Gastronómica para reforçar distinção europeia

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra vai promover, em 2023, um conjunto de iniciativas para reforçar o estatuto de Região Europeia de Gastronomia com que foi distinguida no biénio de 2021-2022.
Comentários