‘Monkeypox’. Identificados mais de 20 casos suspeitos de infeção pelo vírus em Portugal

Os casos de varíola dos macacos estão todos localizados na região de Lisboa e Vale do Tejo e são na sua maioria jovens do sexo masculino.

Manuel de Almeida / Lusa

Foram detetados mais de 20 casos suspeitos de infeção pelo vírus ‘Monkeypox’, ou varíola dos macacos, em Portugal, segundo dados divulgados pela Direção Geral de Saúde (DGS).

Em comunicado, a DGS explica que “foram identificados, neste mês de maio, mais de 20 casos suspeitos de infeção pelo vírus Monkeypox, todos na região de Lisboa e Vale do Tejo, cinco dos quais já confirmados pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, esta quarta-feira, dia 18”. Os casos são na sua “maioria jovens, e todos do sexo masculino” e ” estão estáveis, apresentando lesões ulcerativas”.

A entidade liderada por Graça Freitas “já comunicou ontem o alerta aos profissionais de saúde, nomeadamente aos médicos e aos enfermeiros, com o objetivo de identificarem eventuais casos suspeitos e de os notificarem”.

A DGS também informa que “identificou o alerta e centraliza, nesta fase, todas as ações de deteção, avaliação, gestão e comunicação de risco relacionadas com estes casos, através do Centro de Emergências em Saúde Pública (CESP)”.

No comunicado, é ainda explicado que “o vírus Monkeypox é do género Ortopoxvírus e a doença é transmissível através de contacto com animais ou ainda contacto próximo com pessoas infetadas ou com materiais contaminados. A doença é rara e, habitualmente, não se dissemina facilmente entre os seres humanos”.

A vizinha Espanha também já conta com alguns casos do vírus, segundo o “El Mundo”. O Ministério da Saúde espanhol lançou um alerta, esta quarta-feira, depois de detetar oito possíveis pacientes do vírus em Madrid. Segundo a Direção Geral de Saúde Pública da Comunidade de Madrid os casos  “estão atualmente em estudo em coordenação com o Centro Nacional de Microbiologia, que dispõem das técnicas necessárias para confirmar ou excluir o diagnóstico”.

Os primeiros casos de Monkeypox em solo europeu foram registados no Reino Unido, quando a 7 de maior a Organização Mundial da Saúde (OMS) foi informada de um caso confirmado do vírus em uma pessoa que viajou do Reino Unido para a Nigéria. Atualmente existem  7 casos confirmados de Monkeypox no Reino Unido, diagnosticados entre 6 e 15 de maio.

Recomendadas

Covid-19. Relatório de monitorização indica incidência e mortalidade com tendência decrescente

Relativamente aos internados em cuidados intensivos no continente também revelaram uma tendência decrescente.

Portugal registou 95.943 mil casos e 239 mortes de Covid-19 na última semana

A Direção-Geral da Saúde contabilizou menos 17.185 infeções e menos 22 óbitos nos últimos sete dias, em relação à semana anterior.

Monkeypox. Número de infetados pelo vírus em Portugal sobe para 348

As infeções continuam a estar concentradas em Lisboa e Vale do Tejo e pertencem a homens entre os 19 e os 61. Surgiram os primeiros casos no Alentejo.
Comentários