Montenegro diz que Governo do PS é “trapalhão” e de “trapalhadas”

O presidente do PSD disse na noite de quarta-feira, em Monção, que o Governo do PS “é trapalhão” e só faz “trapalhadas”, referindo-se à demissão dos secretários de Estado da Economia e do Turismo, Comércio e Serviços.

“Isto é um Governo trapalhão e é um Governo de trapalhadas, que não está a inspirar confiança”, afirmou Luís Montenegro perante cerca de 600 militantes que participaram num jantar naquele concelho do distrito de Viana do Castelo.

Luís Montenegro lembrou que “havia um primeiro-ministro que, por acaso, é o que está hoje em funções, que há uns anos dizia, quando o acusavam de ter feito uma geringonça, que era uma geringonça, mas funcionava”.

“Agora é maioria mas reina a anarquia. É maioria mas os ministros dizem, uns, uma coisa, outros, outra coisa. É maioria, mas o primeiro-ministro é desautorizado por membros do Governo. É maioria e são substituídos secretários de Estado que criticaram o ministro. O primeiro-ministro dizia o contrário do que dizia o ministro, o Governo decidiu, exatamente o que os secretários de Estado diziam e afinal de contas quem sai são os secretários de Estado e o ministro continua. Isto é uma confusão que ninguém percebe”, afirmou.

O líder do PSD acrescentou que o país em 20 dos últimos 27 anos tem sido governado pelo PS, “que tem a maioria no Governo, nas câmaras, nas Juntas de Freguesia, de deputados à Assembleia da República, dos deputados no Parlamento Europeu e até tem uma comissária europeia”.~

“O país está enxameado de dirigentes socialistas em todos os órgãos da administração pública, em toda a escala, local, regional e nacional. O PS tem tudo o que se pode almejar para transformar e reformar um território proporcionando aos seus cidadãos mais qualidade de vida (…) O PS teve e tem todos os instrumentos e com todos os instrumentos estamos a ficar mais para trás, com mais problemas estruturais para resolver.

Recomendadas

Trabalhadores dos impostos criticam Autoridade da Concorrência

O Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI) partilhou o alerta deixado pela Odem dos Contabilistas sobre os problemas no Portal da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), apontando o seu mau funcionamento.

Ministro da Saúde diz que o SNS registou em 2022 a maior atividade assistencial da sua história

O ministro da Saúde afirmou que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) desenvolveu em 2022 a “maior atividade assistencial da sua história, com os hospitais públicos a baterem o recorde de consultas médicas e cirurgias.

PSD quer SNS financiado em função dos resultados

O grupo parlamentar do PSD propôs que o financiamento do Serviço Nacional de Saúde e a valorização de todos os seus profissionais passe a ser feita com base nos resultados que beneficiam os utentes.
Comentários