Montepio anuncia revisão em alta do rating de emissão de dívida hipotecária pela S&P

“A subida do rating resulta da boa qualidade da carteira de crédito da CEMG, impulsionada pela revisão em alta do rating da República Portuguesa que limitava o potencial de subida da notação”, escreve o banco em comunicado.

A Caixa Económica Montepio Geral (CEMG) informou em comunicado, que no passado dia 6 de dezembro de 2017, a agência de notação financeira S&P Global Ratings (Standard & Poor’s) anunciou a revisão em alta da notação de risco atribuída à Classe A do Pelican Mortgage Nº.6, garantida por uma carteira de créditos à habitação originada e gerida pela CEMG, de A-(sf) para A (sf).

“A subida do rating resulta da boa qualidade da carteira de crédito da CEMG, impulsionada pela revisão em alta do rating da República Portuguesa que limitava o potencial de subida da notação”, escreve o banco.

Já no passado dia 5 de dezembro tinha ocorrido a revisão em alta da notação de risco atribuída à Classe A do Pelican Mortgage Nº.3, garantida por uma carteira de créditos à habitação originada e gerida pela CEMG, de BB+(sf) para BBB- (sf), para o nível de investimento (investment grade).

O Montepio lembra ainda que também a Fitch Ratings anunciou, no passado dia 24 de novembro, a revisão em alta da notação das Obrigações Hipotecárias emitidas pela CEMG, de ‘A’ para ‘A+’, com perspetiva ‘Estável’.

“Estas ações vêm confirmar a boa qualidade das carteiras de crédito à habitação originadas e geridas pela CEMG”, refere o banco liderado por José Félix Morgado.

 

Relacionadas

Edmundo Martinho sobre entrada no Montepio: “Esta não é uma operação financeira de comprar hoje para vender amanhã”

O Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa disse ainda à TSF que vai escrever esta semana aos presidentes das grandes empresas portuguesas pedindo-lhes para aderirem ao novo Fundo Recomeçar. Um Fundo que aglutina receitas dos jogos na semana do Natal e que se destina a apoiar as vítimas dos fogos.

Santa Casa injeta 200 milhões no Montepio

A Santa Casa vai pagar 200 milhões à Associação Mutualista por 10% do Montepio, mas o banco deve fazer um aumento de capital nesse montante.

José Félix Morgado sai do Montepio

O presidente da Caixa Económica está de saída da liderança da instituição.
Recomendadas

Montepio vende Finibanco Angola a grupo da Nigéria

O Acess Bank é uma entidade detida a 100% pela Access Holdings Plc (Access Corporation), um banco comercial que opera através de uma rede de mais de 700 balcões e pontos de atendimento, abrangendo 3 continentes, 17 mercados e 45 milhões de clientes, segundo o Montepio. Valor não foi divulgado.

Lucros do Banco de Fomento sobem 135% para 22,9 milhões de euros em 2021

“Este aumento explica-se, essencialmente, pelo crescimento do produto bancário que passou de 31,89 milhões de euros, em 2020 para 44,69 milhões de euros no ano em análise”, ou seja, subiu 40%.

Produção das seguradoras cresceu 38% para 12,4 mil milhões em 2021

A entidade liderada por Margarida Corrêa de Aguiar anunciou que a produção global de seguro direto das empresas de seguros revelou uma recuperação de 38% durante o exercício de 2021, para 12,4 mil milhões de euros, invertendo a tendência negativa a que se assistiu nos dois anos anteriores.
Comentários