Montijo é solução para estrangulamento da Portela, realça Fernando Pinto

Dentro de dois ou três anos, vai-se assistir a um estrangulamento da Portela. Solução está do outro lado do Tejo, refere presidente da TAP

O presidente executivo da TAP considera que a base aérea do Montijo é a “única solução possível” para fazer face ao estrangulamento do aeroporto de Lisboa dentro de dois a três anos.

“Não posso dizer que isso não é uma preocupação”, afirma Fernando Pinto quando confrontado com a possibilidade de o aeroporto da Portela poder estar a chegar ao limite de capacidade de passageiros e condicionar os planos de expansão da TAP.

O presidente executivo da TAP diz que “não há dúvida que o aeroporto vai ficar estrangulado”, mas também acredita que “ainda se vive uns dois anos, três, bem na Portela”. Não mais do que isso.

“Mas é muito importante saber que os novos acionistas da ANA [Vinci] têm saídas. Têm formas de tentar ultrapassar o problema e uma delas é usar a base aérea do Montijo, passar parte das operações para lá”, afirmou no 41.º Congresso da Associação Portuguesa das agências de Viagens e Turismo (APAVT).

O responsável lembrou que a base aérea do Montijo “é um aeroporto pronto” e que, por isso, é a que vê como “única solução possível”.

Olhando ainda para as possibilidades dentro da Portela, e não querendo falar pela ANA, Fernando Pinto diz que, em último caso, “em Lisboa há a hipótese de usar a área da segunda pista (…) que é usada em menos de 1% das operações anuais da TAP”.

OJE

Recomendadas

Respostas Rápidas: Qual o universo de créditos à habitação abrangidos pelo diploma do Governo?

O Ministério das Finanças publicou um conjunto de perguntas e respostas que procura responder de forma simples a dúvidas sobre o diploma que mitiga os custos com o crédito à habitação. Nele traça um universo potencial de aplicabilidade da medida. Há cerca de 2,1 milhões de devedores com empréstimo à habitação, dos quais 90% têm contratos com taxa de juro variável. 

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.