Moody’s é a primeira agência a avaliar Portugal em 2017

A Moody’s será a primeira agência de ‘rating’ a olha para Portugal e deverá fazê-lo já em janeiro, sendo a DBRS a última a avaliar a situação do país.

As quatro maiores agências de notação financeira já publicaram os calendários provisórios de atualização dos ‘ratings’ em 2017. A Moody’s, que atualmente dá à Portuga um ‘rating’ de Ba1 com perspetiva estável, vai voltar a olhar para Portugal a 13 de janeiro, estando ainda previstos novas avaliações para os dias 5 de maio e 1 de setembro.

Também a Fitch tem agendadas as suas avaliações à nota atribuída a Portugal, que está agora nos BB+ e com perspetiva estável, para 3 de fevereiro, 16 de junho e 15 de dezembro.

A terceira agência a pronunciar-se sobre Portugal no próximo ano será a Standard & Poor’s, que fixou o ‘rating’ de Portugal em BB+ com perspetiva estável, e vai fazer a primeira avaliação de 2017 no dia 17 de março e revê-la a 15 de setembro.

A canadiana DBRS, a única que atualmente coloca a dívida portuguesa num grau de investimento (BBB ‘low’ e perspetiva estável), só se pronuncia sobre o país em abril, no dia 21, voltando a olhar para a nota de Portugal em outubro, no dia 20.

Recomendadas

PremiumBCE e Fed avaliam peso da subida de juros e ritmo pode abrandar nas próximas reuniões

As atas das mais recentes reuniões de política monetária na zona euro e EUA mostram uma preocupação de ambos os bancos centrais com o abrandamento da economia, dando esperanças de subidas menos expressivas dos juros nos próximos meses, embora os sinais neste sentido sejam mais fortes do outro lado do Atlântico.

Musk tinha um plano para o Twitter? Veja as escolhas da semana no “Mercados em Ação”

Conheça as escolhas da semana do programa da plataforma multimédia JE TV numa edição que contou com a análise de Nuno Sousa Pereira, head of investments da Sixty Degrees.

PSI encerra no ‘vermelho’ em contra ciclo com a Europa

Lá fora, as principais praças europeias negociaram maioritariamente em terreno positivo. O FTSE 100 valorizou 0,32%, o CAC 40 ganhou 0,08%, e o DAX apreciou 0,01%. O espanhol IBEX 35 manteve-se estável.
Comentários