Moody’s sobe rating das obrigações hipotecárias do setor público emitidas pelo BPI

“A Moody’s Investors Service elevou de A1 para Aa3”, numa ação de revisão para upgrade, o rating das obrigações hipotecárias do setor público emitidas pelo Banco BPI.

A Moody’s subiu o rating das obrigações hipotecárias do sector público emitidas pelo BPI. Esta subida o rating de hoje surge na sequência da capacidade e disposição dos emissores para manterem o nível atual de sobrecolateralização (OC) no programa, que é um nível suficiente para atingir uma classificação Aa3, diz a agência de rating.

“A Moody’s Investors Service elevou de A1 para Aa3”, numa ação de revisão para upgrade, o rating das obrigações hipotecárias do sector público emitidas pelo Banco BPI.

A Moody’s atribuiu um “indicador de pagamento atempado” (TPI – Timely Payment Indicator). Para as obrigações hipotecárias do sector público do Banco BPI, a Moody’s atribuiu um TPI de Provável.

Recomendadas

Montepio vende Finibanco Angola a grupo da Nigéria

O Acess Bank é uma entidade detida a 100% pela Access Holdings Plc (Access Corporation), um banco comercial que opera através de uma rede de mais de 700 balcões e pontos de atendimento, abrangendo 3 continentes, 17 mercados e 45 milhões de clientes, segundo o Montepio. Valor não foi divulgado.

Lucros do Banco de Fomento sobem 135% para 22,9 milhões de euros em 2021

“Este aumento explica-se, essencialmente, pelo crescimento do produto bancário que passou de 31,89 milhões de euros, em 2020 para 44,69 milhões de euros no ano em análise”, ou seja, subiu 40%.

Produção das seguradoras cresceu 38% para 12,4 mil milhões em 2021

A entidade liderada por Margarida Corrêa de Aguiar anunciou que a produção global de seguro direto das empresas de seguros revelou uma recuperação de 38% durante o exercício de 2021, para 12,4 mil milhões de euros, invertendo a tendência negativa a que se assistiu nos dois anos anteriores.
Comentários