Morreu o banqueiro e homem mais rico do Brasil Joseph Safra

Considerado por muitos também o banqueiro mais rico do mundo, tornou o Banco Safra um dos mais sólidos do Brasil. Parte da sua fortuna foi utilizada para financiar projetos de saúde, educação e caridade na comunidade judaica brasileira.

Morreu Joseph Safra, o banqueiro brasileiro-libanês que era considerado o homem mais rico do Brasil e por muitos responsáveis da área financeira um dos mais ricos do mundo. O empresário faleceu esta quinta-feira, 10 de dezembro, com 82 anos de causas naturais, de acordo com um comunicado do Banco Safra, citado pela agência “Reuters”.

Ao longo da sua vida ajudou a administrar e a expandir segmento do private banking e gestão de fortunas da sua família, estando também envolvido na comunidade judaica, onde utilizou boa parte do seu dinheiro para financiar projetos de saúde, educação e caridade, através da construção de sinagogas e centros comunitários.

De acordo com a revista “Forbes”, a fortuna de Joseph Safra encontra-se avaliada em 16, mil milhões de euros. Ao longo da sua vida foram poucas as entrevistas concedidas, evitando mesmo falar português em público, por receio de “ser mal interpretado”.

Chegou ao Brasil ainda adolescente com seu pai Jacob e os irmãos Edmond e Moise para abrir uma firma de financiamento comercial. Em 2006, terá pago alegadamente 2,1 mil milhões de euros por 50% da participação do seu irmão Moise no Banco Safra, colocando um ponto final a vários anos de disputas sobre a direção da entidade bancária.

Casado e pai de quatro filhos, Joseph Safra e a sua família eram também conhecidos no Brasil pela vasta equipa de segurança que os protegia diariamente. Uma medida que ganhou maiores proporções depois do seu irmão Edmond ter falecido num incêndio que terá tido mão criminosa na sua mansão em Monte Carlo, no ano de 1999.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta segunda-feira.

Sentimento económico na Alemanha deteriora-se em setembro

O declínio do sentimento económico está a afetar os quatro setores da economia, com as empresas a avaliarem os seus negócios atuais como claramente piores.

Seis mortos e 20 feridos num tiroteio em escola na Rússia

“Hoje, a polícia recebeu um relatório sobre um tiroteio na Escola 88 em Izhevsk”, anunciaram os agentes de autoridade russos.
Comentários