Mota-Engil contrata três empréstimos para alongar curva da dívida

A construtora anunciou ao mercado que aumentou a maturidade da sua dívida, e diversificou-a através de três novas operações de refinanciamento num total de 170 milhões de euros.

Mario Proenca/Bloomberg

A Mota-Engil acaba de anunciar ao mercado que contratualizou um empréstimo sindicado internacional no valor inicial de 90 milhões de euros, com maturidade de 5 anos e com uma taxa Euribor+3,25%.

O sindicato financiador desta colocação  é constituído inicialmente pelo BNP Paribas Sucursal em Portugal, pelo Banco Caixa Geral (Espanha), Caixa Geral de Depósitos, e o Bank of China (Luxembourg) Lisbon Branch – Sucursal em Portugal. O organizador é o BNP Paribas London Branch e o agente é o BNP Paribas.

“Esta operação foi estruturada prevendo o incremento do montante global do financiamento por aumento do ticket dos atuais bancos financiadores ou por entrada de novas instituições”, diz a construtora.

A Mota-Engil diz ainda que contratualizou igualmente dois novos financiamentos de médio prazo, totalizando cerca de 80 milhões de euros com o Standard Bank, SA e o VTB Bank.

“Estas operações são mais um passo na concretização da estratégia de refinanciamento do endividamento corrente, constante do Plano StepUp 2020 que tem como objetivos, entre outros, o aumento da maturidade média da dívida e a diversificação pro-ativa das fontes de financiamento”, refere a empresa.

Recomendadas

Teixeira Duarte passa de prejuízo a lucro de 3,6 milhões no primeiro semestre

A construtora Teixeira Duarte totalizou 3,6 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, valor que compara com um prejuízo de aproximadamente 18,6 milhões de euros apurado em igual período do ano anterior, foi esta quinta-feira comunicado ao mercado.

Gonçalo Moura Martins defende que empresas portuguesas precisam de escala

O CEO da construtora falava num painel de empresários constituído por António Pires de Lima, CEO da Brisa, Jorge Rebelo de Almeida, presidente do Grupo Vila Galé, e Francisco Cary, administrador da Caixa Geral de Depósitos, sobre o atual contexto de crise.

Exportações portuguesas de metalurgia batem recorde mensal absoluto

As exportações portuguesas de metalurgia e metalomecânica atingiram em maio o recorde mensal absoluto de 2.135 milhões de euros, subindo 25% em termos homólogos e ultrapassando pela primeira vez os dois milhões, anunciou esta quinta-feira a associação setorial.
Comentários