Mota-Engil emite 50 milhões de euros com juro de 5,75%

Vão ser emitidos 100 mil títulos com maturidade a cinco anos que pagam uma taxa de juro de 5,75%, sendo que a Mota-Engil lançou também uma oferta de troca que possibilita aos obrigacionistas da empresa a participação na operação.

A Mota-Engil vai fazer uma emissão de títulos de dívida para os investidores de retalho e institucionais no montante de 50 milhões de euros.

A construtora publicou o “Prospeto” da oferta pública e de admissão à negociação no Euronext Lisbon, “de até 100.000 obrigações da Mota-Engil SGPS, com o valor nominal unitário de 500 euros e valor global inicial de até 50 milhões de euros, o qual poderá ser aumentado”.

Vão assim ser emitidos 100 mil títulos com maturidade a cinco anos que pagam uma taxa de juro de 5,75%, sendo que a Mota-Engil lançou também uma oferta de troca que possibilita aos obrigacionistas da empresa a participação na operação.

Segundo o documento publicado no site da CMVM, a empresa de construção vai realizar, durante o mês de outubro, duas ofertas, uma de subscrição (OPS) de dívida e outra de troca (OPT).

As Obrigações Mota-Engil 2027 serão emitidas assim “no âmbito de duas ofertas que decorrem entre 3 de outubro de 2022 e 17 de outubro de 2022, inclusive”, diz a Mota-Engil.

No que toca à oferta pública de troca, esta “tem como objeto até 100.000 obrigações, com o valor nominal unitário de 500 euros e valor global inicial de até 50 milhões de euros, emitidas pela Mota-Engil em 28 de novembro de 2018, com reembolso de capital em 28 de novembro de 2022, com taxa de juro fixa bruta de 4,50% ao ano, representativas do empréstimo obrigacionista denominado – Obrigações Taxa Fixa Mota-Engil 2018/2022”.

Na troca a cada Obrigação Mota-Engil 2022 corresponde, a título de contrapartida, uma Obrigação Mota-Engil 2027 e um prémio em numerário no valor de 2,375 euros, sendo ainda pagos “na Data de Emissão e Liquidação, ou seja, em 20 de outubro de 2022, relativamente às Obrigações Mota-Engil 2022 trocadas, os juros corridos desde 28 de maio de 2022, inclusive, até à Data de Emissão e Liquidação, exclusive, no montante de 8,875 euros por cada Obrigação Mota-Engil 2022, encontrando-se todos estes pagamentos sujeitos a impostos, comissões e outros
encargos”.

A empresa revela ainda que “todas as Obrigações Mota-Engil 2027 emitidas para satisfazer ordens de subscrição e/ou de troca serão, a partir da Data de Emissão e Liquidação, inclusive, fungíveis entre si” e que “todas as Obrigações Mota-Engil 2022 adquiridas pelo Oferente para satisfazer ordens de troca serão objeto de amortização e cancelamento na Data de Emissão e Liquidação”.

Recomendadas

Fitch Rating antecipa ano desastroso para o sector imobiliário

Os países que preferiram as taxas variáveis e permitiram um forte aumento do preço das casas estão especialmente vulneráveis à inflação e à queda da procura. Portugal não faz parte do estudo, mas tem tudo para fazer parte do pior cenário.

Revolut nomeia Elisabet Girvent para responsável de vendas em Espanha e Portugal

O seu objetivo passa por continuar a expandir os serviços da Revolut Business na região. A Revolut Business é o serviço bancário empresarial da Revolut. Esta solução encontra-se em funcionamento desde 2017 e foi concebida para atender às necessidades de start-ups, PME familiares e grandes empresas tecnológicas.

Noção de mercados emergentes na banca está morta, diz Mckinsey. Ásia concentra crescimento

Os bancos na Ásia-Pacífico podem ganhar com uma perspectiva macroeconómica mais forte, enquanto que os bancos europeus enfrentam uma perspectiva mais sombria. “No caso de uma longa recessão, estimamos que a rendibilidade dos bancos a nível mundial possa cair para 7% até 2026 e para baixo dos 6% nos bancos europeus”, diz a Mckinsey.
Comentários