Mourinho. Cinco razões para herdar legado de Ferguson

Para a imprensa inglesa, a dúvida passa apenas pelo timing da decisão. Special One vai render Van Gaal e cumprir desejo do mítico Alex Ferguson


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Mourinho avisou que não é treinador para cumprir períodos sabáticos e o Chelsea arrisca-se a ver o treinador mais titulado da sua história num rival direto na luta pelo título na Premier League. Em Inglaterra, a questão já não é se “José” vai render Van Gaal mas quando é que a direção do Manchester United vai tomar a decisão: já ou no final da época. Os red devils não vencem há seis jogos e o holandês poderá já não ter tempo para evitar a chicotada.

Em Inglaterra diz-se que o acordo entre Mourinho e o United está fechado e que o Special One até concordou em reduzir o salário para continuar no seu campeonato de sonho, a Premier League. A imprensa inglesa revela que o português terá aceite uma verba de oito milhões de euros por temporada (o mesmo que ganha Louis Van Gaal), menos seis milhões do que o que recebia em Stamford Brige. E se para Mourinho poderia ser um problema render diretamente Alex Ferguson, agora essa situação já não se coloca.

No país de Sua Majestade apontam-se cinco razões para que José Mourinho herde já o inigualável legado de Alex Ferguson:

Regresso de Ronaldo

Apesar das desavenças, técnico e jogador venceram a Liga espanhola em 2012. Questionado sobre uma possível reunião dos dois portugueses no futuro, CR7 admitiu que tem “mais dois anos de contrato com o Real Madrid mas ninguém sabe o que o futuro reserva”.

Sucesso garantido à segunda temporada

Em todos os clubes onde esteve, Mourinho foi sempre campeão na sua segunda temporada. Para os ingleses, se “José” aceitar já o emprego no United, o título da Premier League de 2016/17 está garantido.

Ferguson adora Mourinho

Sir Alex Ferguson é o maior fã de José Mourinho e dois travaram os duelos mais saudáveis da Premier League. “É bem-parecido, tem ar de George Clooney. Mas é um enorme exemplo. Fala cinco idiomas e tem carisma junto dos jogadores”, realçou o lendário técnico dos “red devils”.

Fãs já cantam o nome de “José”

Se não é inédito, anda lá perto: quantas vezes se viram os fãs cantar o nome de um treinador rival? Na última jornada, e após a derrota do United frente ao Norwich, sócios e adeptos em Old Trafford cantaram o nome do português.

Mourinho sempre quis Rooney

É uma espécie de jogador-fetiche para o técnico português. Desde a primeira passagem pelo Chelsea que Mourinho tentou contratar o internacional inglês e agora poderá ter a oportunidade de pôr o avançado a marcar golos atrás de golos.

Por José Carlos Lourinho/OJE

Recomendadas

António Costa e Pedro Sánchez querem um Mundial2030 “para a paz”

“Já demonstrámos capacidade para organizar eventos de primeira linha. Portugal e Espanha estão prontos para receber, juntamente com a Ucrânia, o Mundial de futebol de 2030. Queremos um campeonato para a paz, mostrar o melhor do desporto, mas também os melhores valores da Europa”, escreveu o primeiro-ministro luso na rede social Twiiter, mensagem que também foi publicada pelo presidente do governo espanhol.

Revista de imprensa nacional: as notícias que estão a marcar esta quarta-feira

“Governo vai mexer nos escalões do IRS no próximo ano”; “Polícias proibidos de disparar com balas reais contra multidões”; “22 mil milhões de euros para a banca”

Vieira diz que divulgação de emails foi “estratégia do FC Porto para manchar nome do Benfica”

O antigo presidente do Benfica Luís Filipe Vieira afirmou hoje em tribunal que a divulgação de emails sobre o clube no Porto Canal foi “uma estratégia do FC Porto para manchar o nome” do clube lisboeta.