Mundial 2022: 6 dicas para poupar como um campeão

Quer poupar nas telecomunicações? Temos 6 dicas para si. Enquanto vive as emoções do Mundial 2022, aproveite estas fintas aos preços altos.

Nem só o preço dita se está a poupar nas telecomunicações. Será que o que paga é o que realmente usa? Vale a pena juntar todos os serviços num só pacote? A fidelização compensa? Neste artigo do ComparaJá, clarificamos estes quebra-cabeças e damos o pontapé de saída para poupar na sua fatura mensal sem abdicar de nada, numa altura em que as emoções do Mundial 2022 estão ao rubro.

1. Contrate só o que precisa

Faça uma lista com os serviços que realmente precisa, para poder escolher o pacote de telecomunicações ajustado às suas necessidades. É comum que as operadoras proponham, por um aumento de apenas alguns euros, vantagens adicionais que não precisa e que não vai usufruir. Assim, se as suas necessidades estiverem bem clarificadas para si, evitará cair na tentação de aproveitar um “bom negócio” que, apesar de o ser em teoria, não se aplica a si.

Além disso, poderá pensar fora dos pacotes já definidos e personalizar um conjunto de serviços que reúnam especificamente o que precisa. Algumas operadoras permitem escolher o que quer adicionar ao seu contrato de telecomunicações, numa combinação personalizada de internet, televisão, telefone, telemóvel, streaming, entre outros. Desta forma, vai contratar só o que precisa, e não vai pagar por serviços que não usa, o que representa uma boa poupança na fatura de telecomunicações.

2. Defina se a fidelização é um fator decisivo para si

As operadoras tendem a oferecer mais vantagens a clientes que permaneçam durante mais tempo, pelo que os consumidores serão sempre confrontados com a questão da fidelização.

A ideia de ficar “preso” a um contrato durante 1 ou 2 anos pode parecer pouco convidativa, mas, em troca, poderá beneficiar de uma mensalidade mais baixa, além de não pagar os custos associados à instalação e ativação do serviço. Durante o período de fidelização, não vai poder mudar de serviços ou, se o fizer, terá uma penalização associada por incumprimento contratual, cujo valor pode ser elevado.

Assim, se não se importar de ficar obrigado a uma operadora durante um período considerável, e se o seu objetivo é pagar menos todos os meses, a fidelização é, em regra, uma boa opção.

3. Esteja a par das ofertas e promoções

Quase todas as operadoras oferecem condições especiais no momento de adesão, como a oferta da primeira mensalidade, oferta da Box, ou acesso gratuito a canais premium durante um determinado período. Assim, fique de olho no tipo de promoções que cada uma disponibiliza e prefira uma que seja adequada às suas necessidades e preferências.

Contudo, é importante não perder de vista que estas ofertas são circunscritas no tempo e que, muitas vezes, incluem serviços adicionais que, se não forem cancelados após o período gratuito, começam a ser cobrados na sua fatura mensal.

Assim, saiba quando terminam os descontos e promoções, e contacte a sua operadora para cancelar os serviços adicionais que não vai usar. Caso contrário, a sua mensalidade irá aumentar e pode ficar a pagar tanto ou mais do que anteriormente.

4. Ajuste o tarifário à sua utilização

Se contratou um serviço com plafonds mínimos, de forma a aproveitar o preço mais baixo, e dá consigo a ultrapassar constantemente os limites todos os meses e a pagar pelo consumo adicional, é hora de mudar para um tarifário mais ajustado. Ainda que um tarifário com maior plafond seja mais caro, feitas as contas é mais vantajoso do que pagar todos os meses um valor mais elevado por ultrapassar o limite.

Também poderá confirmar se obterá maior poupança juntando todos os serviços na mesma fatura ou, por outro lado, distribuindo os diferentes serviços por várias operadoras. Em regra, é mais vantajoso associar todos os serviços que precisa numa só operadora, além de que só precisa de se preocupar em pagar uma fatura por mês.

5. Negocie com a sua operadora atual

Negociar com a operadora de telecomunicações pode ser desafiante, mas é possível. A melhor altura para fazer isso é quando se aproxima o fim do período de fidelização, quando as operadoras têm uma maior preocupação em manter o cliente.

Dado que é mais caro angariar um cliente novo do que manter um cliente já existente, as operadoras têm, geralmente, alguma margem de manobra para ajustar as condições às necessidades do cliente, sobretudo se o seu tempo de permanência já for longo.

Assim, esta é a oportunidade perfeita para rever e expor o que precisa, especialmente se encontrar um tarifário equivalente, mas mais acessível na concorrência. Dando a conhecer este aspeto à sua operadora atual, é possível que consiga uma solução equiparada, ou ainda melhor.

6. Simule antes de contratar

É importante comparar preços e ofertas das diferentes operadoras. O mercado está em constante mudança e as marcas fazem esforços permanentes para conseguir as melhores condições, com o objetivo de atrair mais clientes. Por isso, nem sempre é vantajoso continuar na mesma operadora ou no mesmo pacote.

Assim, compare não só os preços, mas também os serviços, para ter a certeza que paga apenas pelo que precisa e usa. Mas como fazer isso se as operadoras apresentam informações dispersas em vários sites?
Utilizando o nosso simulador gratuito que agrega todas as ofertas das operadoras com base no seu perfil. Trata-se de um serviço independente, pelo que a informação que vai encontrar será sempre a mais adequada às suas necessidades.

Com estas dicas para poupar nas telecomunicações como um campeão, dentro do espírito do Mundial 2022, está dada a partida para o campeonato da poupança. Quando poupar está em jogo, a bola está do lado do consumidor.

Antes de tomar qualquer decisão final, pesquise, compare e pondere, sem pressa – novas e melhores ofertas podem estar à sua espera.

Relacionadas

Google Pay: o que é e como funciona?

Descubra como funciona o Google Pay e fique a par de todas as vantagens e desvantagens deste método de pagamento cada vez mais usado em todo o mundo.

Dados móveis ilimitados nas férias de verão: como escolher?

Nas férias, desligamo-nos do trabalho, mas não da internet. As operadoras apostam em dados móveis ilimitados nas férias de verão. Saiba como escolher.

Quais as vantagens da tecnologia 5G para particulares em empresas?

Quais as vantagens do 5G para particulares em empresas? Jorge Rebelo, responsável de operações de telecomunicações do ComparaJá.pt, explica, neste vídeo em parceria com o Economize, em que medida é que esta tecnologia pode ser diferenciadora possibilitando, por exemplo, velocidade de dados móveis 100 vezes superiores ao 4G.

O que é o 5G? Conheça 5 alterações práticas

Mais rápida, estável e amiga do ambiente. Descubra o que é a rede 5G e quais as implicações práticas da última evolução nas comunicações móveis.

Passo a passo: como localizar o telemóvel?

Já lhe aconteceu não saber onde deixou o seu smartphone? Existem formas simples para encontrá-lo. Descubra aqui como localizar um telemóvel.

Recessão à vista: o que significa?

O risco de uma recessão na Zona Euro está a crescer. Saiba a que se deve este fenómeno e como se pode preparar para as dificuldades que se aproximam.
Recomendadas

Compras online crescem mais de 36% em 2021 e atingem os 10 mil milhões de euros

As compras online de bens e serviços no ano passado valeram 10 mil milhões de euros, um crescimento de mais de 36% face a 2020. Os resultados do ‘CTT e-Commerce Report’ notam que cerca de cinco milhões de portugueses realizaram compras online em 2021.

Evite o desperdício neste Natal. Conheça algumas dicas para um Natal mais sustentável e económico

Quanto aos embrulhos, os enfeites dos presentes, sugerimos que não rasgue o papel de embrulho e experimente estimá-lo e guardá-lo. Já pensou em optar por papel de jornais ou revistas para os embrulhos? Original e divertido.

Europ Assistance e Club Tek lançam seguro contra danos e roubo de telemóveis, tablets e computadores

A seguradora garante a reparação do equipamento em caso de danos acidentais (elétricos, danos por água, quebra de teclas, danos no ecrã). Se a reparação não for possível, o cliente tem direito à substituição do equipamento por outro novo com as mesmas características.
Comentários