Mundial de atletismo de pista coberta cancelado pela “segurança” dos atletas e técnicos

A IAAF, através de um comunicado, explica que também decidiu adiar os campeonatos mundiais de atletismo para 2021 por considerar que “dada a atual situação global, ainda há uma incerteza significativa sobre o status da pandemia Covid-19 no início de 2021”.

David Ramos/ Getty Images

A Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF – sigla em inglês) decidiu cancelar o campeonato mundial de pista coberta, programado para acontecer entre os dias 19 e 21 de março na China, justificando que “se deve considerar devidamente os riscos de trazer um grande grupo de pessoas para o mesmo espaço”, segundo o portal “Palco 23”.

A IAAF, através de um comunicado, explica que também decidiu adiar os campeonatos mundiais de atletismo para 2021 por considerar que “dada a atual situação global, ainda há uma incerteza significativa sobre o status da pandemia Covid-19 no início de 2021”.

A associação acrescenta que “pela segurança dos nossos atletas e responsáveis técnicos, devemos considerar devidamente os riscos de trazer um grande grupo de pessoas para participar no evento numa situação de pandemia e respeitar e cumprir plenamente a política de prevenção de pandemia do país anfitrião”.

Ainda assim, a IAAF conseguiu organizar a Meia Maratona Mundial em Gdynia (Polónia) em outubro, mas com ausências notáveis, como os Estados Unidos ou Japão. O mundial de atletismo outdoor de 2021 que está previsto acontecer em Eugene (Estados Unidos) passou para 2022 e o Bathurst World Cross Championship (Austrália), programado para março de 2021, será em 2022. A Mundial de Marcha de Equipas em Minsk (Bielorrússia) passou de maio de 2020 para 2022.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira, 27 de setembro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta terça-feira.

Revista de imprensa nacional: as notícias que estão a marcar esta terça-feira

“Salário mínimo vai perder poder de compra pela primeira vez desde 2013”; “Famílias com prazo-limite para tratar das partilhas de terrenos”; “Seleção procura lugar na final four antes do anúncio dos convocados para o Mundial”
Comentários