Municípios admitem cortes de água à noite

A maioria das autarquias contactadas pelo “Jornal de Notícias” apela à contenção no consumo de água.

As câmaras de Manteigas, Mangualde, São Pedro do Sul, Tabuaço e Vale de Cambra admitiram ao “Jornal de Notícias” reduzir o abastecimento de água durante a noite, devido à escassez de água.

Das 36 autarquias contactadas, a maioria apela à contenção generalizada no consumo de água e existem casos de proibição do consumo de água da rede pública para a rega de jardins e hortas, a lavagem de passeios, pátios e espaços públicos ou a rega de jardins e hortas.

Já estão definidas também coimas a aplicar. Em Vimioso, as multas podem chegar aos 3740 euros para singulares e 44.890 euros para pessoas coletivas. Em São João da Pesqueira, quem usa entre 16 e 25 metros cúbicos (m3) paga 1,5656 euros.

Recomendadas

Parlamento volta a debater regulamentação do Lobbying em setembro

Inês de Sousa Real defendeu ao JE que a iniciativa do PAN vai “ao encontro das fragilidade que na altura foram apontadas na legislação anterior”.

Sindicato dos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar pede demissão da direção do INEM

O Sindicato dos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar (STEPH) apresentou queixa ao Ministério Público e vai pedir à tutela a demissão do conselho diretivo do INEM devido a casos de “atraso no envio de meios”.

PremiumIL quer avaliar e premiar o mérito na Função Pública

Cotrim de Figueiredo dá o pontapé de saída nos eventos da rentrée política elegendo como prioridade a Administração Pública. Quase todos os partidos vão abordar a degradação dos serviços públicos. PS só regressa em setembro.
Comentários