Municípios da Madeira gastam cada vez menos na cultura e no desporto

Em 2016 os Municípios da Madeira gastaram 8 milhões de euros nestas áreas o que contrasta com o período entre 2002 e 2012 onde se desembolsou montantes anuais sempre acima dos 10 milhões de euros.

O Inquérito ao Financiamento Público de Actividades Culturais, Criativas e Desportivas, realizado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e pela Direcção Regional de Estatística (DREM), mostra que entre 2013 e 2016 a cultura e o desporto sofreram um grande desinvestimento por parte das Câmaras Municipais da Madeira. Nesse período gastou-se 29,7 milhões de euros nestas rubricas um valor bem distante de outros períodos pautados por um maior fulgor orçamental.

Entre 2002 e 2012, mostra os dados deste inquérito, a despesa municipal com o desporto e a cultura esteve sempre acima dos 10 milhões de euros. A partir de 2013 começou a se verificar uma grande inversão no valor afecto a estas áreas.

Em 2013 o valor colocado pelos municípios na cultura e no desporto chegou aos 7.8 milhões de euros. Em 2014 desceu para os 6.5 milhões de euros, em 2015 atingiu os 7.4 milhões de euros, e em 2016 fixou-se nos 8 milhões de euros.

Como termo de comparação em 2005 foram gastos 16.5 milhões de euros, um valor que subiu para os 18.3 milhões de euros em 2008, pelos Municípios da Madeira na cultura e no desporto.

Este inquérito mostra que 2001, ano em que os Municípios da Madeira gastaram 9.4 milhões de euros com a cultura e o desporto, foi o que mais se aproximou, em termos de gasto nestas áreas, do período compreendido entre 2013 e 2016.

Em 2016 a cultura e o desporto tiveram um peso de 5,1% na despesa dos Municípios da Madeira o que representa uma subida de 0,4% em comparação com o período homólogo.

Recomendadas

Câmara do Funchal quer criar mais e melhores condições para um desporto inclusivo

“Queremos uma cidade cada vez mais inclusiva e integradora”, defendeu a vereadora com os pelouros da Acção Social, Helena Leal, na apresentação dos terceiros Campeonatos do Mundo de Basquetebol e Judo para Atletas Síndrome de Down – Madeira 2022.

Saiba que tipo de informação é dada pela nova etiqueta energética

A informação que consta da etiqueta varia conforme o equipamento, mas existe um conjunto de informação comum.

UMa promove Macaronight para debater adaptação às alterações climáticas e restauração das águas e oceanos

Na Madeira, o projeto é liderado pela Universidade da Madeira e tem como parceiros a Secretaria Regional de Educação, a Câmara Municipal do Funchal, a ARDITI e a StartUp Madeira.
Comentários