Musk ameaça abandonar compra do Twitter (com áudio)

A pessoa mais rica do mundo quer ter mais dados sobre a rede social.

Elon Musk ameaçou hoje abandonar a compra do Twitter por 44 mil milhões de dólares (41 mil milhões de euros).

O milionário quer ter mais dados sobre o lixo eletrónico (spam) e sobre contas falsas na redes social, segundo uma carta enviada à empresa e hoje divulgada pela “Reuters”.

O fundador da Tesla e da SpaceX considera que o Twitter está em “clara falha material” das suas obrigações, considerando-se no direito de abandonar o negócio, se esta informação não for prestada.

Recorde-se que o negócio está “temporariamente suspenso” desde meados de maio quando Musk exigiu mais dados sobre as contas falsas na rede social.

“Musk acredita que o Twitter está a recusar-se a cumprir com as suas obrigações segundo o acordo de fusão, o que está a lançar mais suspeitas se a empresa está a esconder os dados requisitados. Musk acredita que a empresa está ativamente a resistir, frustrando os seus direitos de ser informado”, segundo a carta.

As ações do Twitter já estiveram a cair mais de 5% e seguem agora a recuar mais de 4,5% acima de 38 dólares por ação em Wall Street.

Elon Musk é a pessoa mais rica do mundo com uma fortuna avaliada em 211 mil milhões de dólares (197 mil milhões de euros), segundo o índice da Bloomberg.

Recomendadas

BES/GES: Passos Coelho ouvido em tribunal durante cerca de duas horas

Passos Coelho chegou ao Campus da Justiça pelas 14h05 e avisou logo que não iria prestar declarações à entrada do tribunal por estar “um bocadinho atrasado”, uma vez que a sua audição estava agendada para as 14h00.

Pedro Morais Leitão é o novo administrador-delegado da Media Capital

“Pedro Morais Leitão regressa, assim, ao grupo Media Capital, onde já desempenhou funções de administrador da Media Capital Multimédia e foi responsável pela fundação do portal IOL”, adianta a dona da TVI e da CNN Portugal.

Flexdeal com lucros consolidados de cerca de 160 mil euros entre outubro e março

A empresa apresentou ao mercado o seu Relatório de Gestão Intercalar, relativo ao período de 1 de outubro de 2022 a 31 de março de 2022. O resultado líquido do período atribuível à Flexdeal terminado em 31 de março de 2022 foi de 203.044,31 euros. O resultado líquido consolidado do período foi de 159.677,49 euros.
Comentários