NacionalGest cresceu 25% em comissões no primeiro semestre

“Atualmente, a NacionalGest assume o compromisso de aumentar a sua relevância na distribuição de seguros em Portugal. O objetivo é manter o foco no serviço aos clientes e continuar a crescer organicamente 3 vezes mais que o mercado”, assegura a empresa.

A consultora de seguros NacionalGest registou um aumento de 25,26% em comissões cobradas nos primeiros seis meses deste ano e uma variação positiva de 11,3% no total de clientes, com a carteira a superar as 51.500 relações comerciais ativas.

“Com estes resultados semestrais, a NacionalGest continua a cumprir o objetivo estratégico de crescer claramente acima do mercado, desenvolvendo uma política equilibrada de crescimento orgânico e de expansão por consolidação, com integração de carteiras e empresas adquiridas e dinamização de novas parcerias com agentes estrategicamente selecionados”, refere a companhia em comunicado.

No final do primeiro semestre, o número total de apólices atingiu 93 mil, registando um crescimento de 11,7% face a 31 de dezembro de 2021. A variação no volume de comissões pagas a agentes atingiu os 35% de crescimento.

No mesmo período, o número de agentes cresceu 9%.

A empresa dispõe atualmente de 28 lojas, distribuídas por localizações estratégicas em todo o país, “visando maximizar a cobertura e garantir a qualidade de serviço aos clientes com o máximo de proximidade”.

A produtividade comercial teve uma subida de 14,9% no volume de negócios por colaborador.

“Atualmente, a NacionalGest assume o compromisso de aumentar a sua relevância na distribuição de seguros em Portugal. O objetivo é manter o foco no serviço aos clientes e continuar a crescer organicamente 3 vezes mais que o mercado”, assegura a empresa.

A NacionalGest está há mais de 20 anos no mercado da distribuição de seguros.

Um dos grandes objetivos da NacionalGest é afirmar-se como um operador de seguros ambientalmente sustentável, migrando consumos energéticos para fontes descarbonizadas até ao final de 2022, caminhando a largos passos no sentido da neutralidade carbónica nos próximos três anos.

 

Recomendadas

Montepio vende Finibanco Angola a grupo da Nigéria

O Acess Bank é uma entidade detida a 100% pela Access Holdings Plc (Access Corporation), um banco comercial que opera através de uma rede de mais de 700 balcões e pontos de atendimento, abrangendo 3 continentes, 17 mercados e 45 milhões de clientes, segundo o Montepio. Valor não foi divulgado.

Lucros do Banco de Fomento sobem 135% para 22,9 milhões de euros em 2021

“Este aumento explica-se, essencialmente, pelo crescimento do produto bancário que passou de 31,89 milhões de euros, em 2020 para 44,69 milhões de euros no ano em análise”, ou seja, subiu 40%.

Produção das seguradoras cresceu 38% para 12,4 mil milhões em 2021

A entidade liderada por Margarida Corrêa de Aguiar anunciou que a produção global de seguro direto das empresas de seguros revelou uma recuperação de 38% durante o exercício de 2021, para 12,4 mil milhões de euros, invertendo a tendência negativa a que se assistiu nos dois anos anteriores.
Comentários