NAV Portugal controlou mais 208% voos em relação a 2021, mas não recuperou níveis pré-pandemia

Ao todo, foram cerca de 156,1 mil voos o que representa um aumento de 208% em relação ao mesmo período do ano anterior e uma recuperação para 85% para os níveis registados em 2019.

A NAV Portugal geriu 156,1 mil voos no espaço aéreo português durante o primeiro trimestre de 2022, o que significou um aumento de 208% (50,7 mil voos) em relação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com os dados revelados pela empresa em comunicado esta quinta-feira, 28 de abril.

Este valor representa uma recuperação para 85% para os níveis registados em igual período de 2019, altura em que a NAV controlou 184,4 mil voos em território nacional. Analisando apenas o mês de janeiro de 2022, verificou-se uma quebra de 21,3% face ao mesmo mês de 2019, mas em março este valor registou uma quebra de -10,3%.

A empresa controla as aterragens, descolagens e sobrevoos em duas regiões do espaço português: Lisboa e Santa Maria, numa área de 5,8 milhões de km2.

Em Lisboa, onde estão incluídos os movimentos aéreos em Portugal Continental e na Região Autónoma da Madeira, a NAV Portugal geriu 122 mil voos no período em análise, uma quebra de 17% (146,8 mil movimentos controlados) em relação ao mesmo período de 2019.

Já em comparação com o primeiro trimestre do ano passado (33,8 mil movimentos) a empresa teve na região de Lisboa um aumento de 260% no controlo de movimentos.

No que diz respeito a Santa Maria que engloba a área do Oceano Atlântico Norte e a Região Autónoma dos Açores, a NAV Portugal apresentou no primeiro trimestre um controlo de tráfego que ficou 8,2% abaixo do registado no mesmo período de 2019, com 34,5 mil movimentos.

Por sua vez, e em comparação com o primeiro trimestre de 2021 (16,8 mil movimentos), a empresa verificou uma subida de 104,5%.

Recomendadas

Concorrência dá luz verde à compra da Efacec pela DST

A Autoridade da Concorrência (AdC) adotou uma decisão “de não oposição” na operação de compra da Efacec Power Solutions pelo grupo DST, de acordo com informação divulgada pelo regulador no seu ‘site’.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Luso-alemã Annea recebe um milhão para contratar e investir no hidrogénio verde

A empresa de Hamburgo criou um software de manutenção preditiva que analisa o estado de saúde de parques solares e torres eólicas para impedir que falhem mesmo ou tenham um desempenho inferior ao normal.
Comentários