Negócio de aplicações empresarias da IFS crese 9%

A IFS, empresa global de aplicações empresariais, anunciou um crescimento do seu volume de negócios para o ano de 2014 de 9%. Embora com crescimentos distintos, todas as áreas de negócio da empresa apresentaram crescimentos sustentados no ano transacto – licenças, manutenção e consultoria. Este crescimento compara com um crescimento global do mercado de ERP […]

A IFS, empresa global de aplicações empresariais, anunciou um crescimento do seu volume de negócios para o ano de 2014 de 9%. Embora com crescimentos distintos, todas as áreas de negócio da empresa apresentaram crescimentos sustentados no ano transacto – licenças, manutenção e consultoria. Este crescimento compara com um crescimento global do mercado de ERP em torno dos 4%, uma tendência que analistas como a Gartner estimam venha a manter-se em 2015. Em Portugal, a Sogepoc, a Oliveira & Irmão e a Bial são algumas das empresas que apostaram e continuam a depositar a sua total confiança na equipa e na solução IFS Applications para o suporte ao seu negócio.

A empresa conta com uma presença consolidada em diversos sectores de actividade, nomeadamente do petróleo e do gás, infra-estruturas, transportes, indústrias e gestão de serviços, e tem visto a qualidade das suas soluções reconhecida internacionalmente, como é o caso da Gartner, que considerou a IFS líder no espaço de Field Service Management e ERP de instância única para médias empresas focadas em produtos.

Adicionalmente, a empresa continua a registar um interesse por parte dos seus clientes em sistemas implementados em soluções cloud, onde dispõe da solução IFS Applications em parceria com a Microsoft na plataforma Azure, bem como disponibilize a “IFS in a box” em cooperação com a Oracle, permitindo uma opção simplificada de implementação da solução.

Em 2014 as vendas de licenças atingiram um total de 58,5 milhões de Euros, um crescimento de um por cento, face aos 56 milhões de euros registados em 2013, após ajuste cambial, enquanto o volume de vendas de manutenção foi de 109 milhões de euros, um aumento de 11% face aos 95 milhões de euros registados em 2013. A unidade de consultoria registou um volume de negócios de 150 milhões de euros, um aumento de 11% versus os 132milhões de euros registados em 2013.

OJE

Recomendadas

PremiumEconomistas e empresários aplaudem redesenho das regras orçamentais em 2024

Economistas salientam mais transparência com redução da dívida à medida de cada Estado. Associações empresariais frisam oportunidade para ajustamentos mais longos para Estados que promovam crescimento e investimento público.

Jogos online. Portugueses apostaram 31 milhões de euros por dia em 2022

Os apostadores nacionais investiram 1.482,1 milhões de euros em apostas desportivas, enquanto os jogos de fortuna ou azar representaram um volume de 9.938,8 milhões de euros.

Investidor sul-coreano acusado de fraude de 40 mil milhões de dólares em criptoativos detido no Montenegro

Do Kwon é acusado pelas autoridades norte-americanas e sul-coreanas de fraude.