Nepal revê para 66 número de mortos em acidente aéreo de domingo

No local onde o aparelho se despenhou, no centro do país, as equipas de socorro procuram também entre os destroços as “caixas negras” do avião. As causas do acidente ainda não foram determinadas.

Os destroços da queda do aviões da Yeti Airlines, em Pokhara, no centro do Nepal. EPA/BIJAYA NEUPANE

As autoridades do Nepal reviram hoje, dia de luto no país, o número de mortos no acidente de aviação, no domingo, de 68 para 66 das 72 pessoas a bordo.

O número de mortos, inicialmente de 68, foi revisto, disse o funcionário do distrito de Kaski Tek Bahadur K.C..

Entretanto, no local onde o aparelho se despenhou, no centro do país, as equipas de socorro procuram também entre os destroços as “caixas negras” do avião. As causas do acidente ainda não foram determinadas.

Uma testemunha, que filmou a aterragem do avião da varanda de casa, disse ter visto a aeronave voar baixo antes de virar repentinamente para a esquerda.

“Fiquei chocado”, disse Diwas Bohora, citado pela agência de notícias Associated Press.

A Autoridade de Aviação Civil do Nepal disse que a aeronave estabeleceu contacto com o aeroporto pela última vez perto do desfiladeiro de Seti, no centro do país, às 10:50 (05:05 em Lisboa) antes de cair.

O avião tinha saído da capital Katmandu com destino a Pokhara, por volta das 10:30 (04:45 em Lisboa), e caiu durante a manobra de aproximação ao aeroporto internacional de Pokhara, no vale do rio Seti.

Pokhara, localizada a 200 quilómetros a oeste de Katmandu, é a porta de entrada para o circuito de Annapurna, um trilho de caminhada popular nos Himalaias.

Recomendadas

EUA avisam sobre balão de espionagem chinês a sobrevoar o seu território

As autoridades norte-americanas desaconselharam disparar sobre o balão, já que os detritos poderiam gerar perigo para a sociedade

Nobel Shirin Ebadi: “processo revolucionário” no Irão é irreversível

A Prémio Nobel da Paz iraniana diz que a morte da jovem curda iraniana Mahsa Amini no ano passado provocou um “processo revolucionário” que não vai parar e que acabará por levar ao colapso da república islâmica.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta sexta-feira.
Comentários