Netflix cancela série de Meghan Markle

Apesar de deixar a série familiar animada, a Netflix assumiu continuar a trabalhar em projetos com a fundação Archewell, nomeadamente a série documental “Heart of Invictus”.

A Netflix iniciou um processo de revisão da produção de conteúdos animados e decidiu cancelar a série familiar “Pearl” desenvolvida por Meghan Markle. O anúncio foi realizado ao dia de ontem pela plataforma de streaming.

A série agora cancelada foi anunciada no verão passado e fez o deleite dos fãs dos Duques de Sussex, sendo que tinha Meghan como criadora e produtora executiva. A série familiar falava das aventuras de uma jovem de 12 anos inspirada por históricas femininas.

Apesar de deixar a série familiar animada, a Netflix assumiu continuar a trabalhar em projetos com a fundação Archewell, nomeadamente a série documental “Heart of Invictus”, que falam sobre os jogos que decorreram no mês passado em Haia.

Esta era a primeira produção sob a marca Archewell, criada pelos duques em 2020 como veículo para as suas novas carreiras depois da mudança para os Estados Unidos.

Atualmente, a Netflix está a lutar pelo domínio entre todas as plataformas de streaming, uma vez que anunciou a queda do número de subscritores no primeiro trimestre e as ações negociadas em bolsas foram prejudicadas. Mas as notícias internacionais dão conta que a plataforma já se encontrava a abandonar projetos antes do fim do trimestre desastre.

“Os gastos excessivamente elevados com conteúdos da Netflix estão a ser reavaliados. É simplesmente irracionais esperar que os executivos consigam gerir tantos projetos e que muitos deles sejam memoráveis”, apontou o “Deadline” sobre o abandono de projetos, citado pelo “The Guardian”.

A Archewell Productions não emitiu qualquer comentário sobre se irá avançar na produção independente de “Pearl”. Além da produção de Meghan Markle, a Netflix deixou ainda cair duas séries animadas: “Dino Daycare” e “Boons and Curses”.

Recomendadas

PremiumFim do protocolo com a Coleção Berardo não é prejudicial à banca

A denúncia do contrato, anunciada pelo Ministério da Cultura, vai entrar em vigor em janeiro de 2023. Mas, segundo apurou o JE, a banca considera que esta decisão do Governo não lhe é prejudicial.

Livro: “O Odor da Índia”

Em 1961, Pier Paolo Pasolini visita a Índia. Não está só. Acompanha Alberto Moravia e a sua mulher, a também escritora Elsa Morante. Deixou-se arrebatar pelas emoções intensas que viveu neste país marcadamente sensorial e plasmou tudo neste diário de viagem.

Deixe-se encantar pela Terceira, a ilha lilás

O que torna a Terceira tão especial é o magnífico contraste entre a beleza natural desta ilha vulcânica e a arquitetura do centro histórico de Angra do Heroísmo. Se está a pensar visitá-la, saiba que o Terceira Mar Hotel tem, no dia 29, uma campanha promocional, por ocasião do seu 19º aniversário.
Comentários