Nevoeiro persistente coloca três distritos sob aviso amarelo

Os distritos de Bragança, Guarda e Vila Real estão hoje sob ‘Aviso Amarelo’, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de nevoeiro persistente, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o instituto, os distritos de Bragança, Guarda e Vila Real estão sob ‘Aviso Amarelo’ por causa do nevoeiro persistente, podendo desaparecer temporariamente em alguns locais durante a tarde, até às 15h00 de terça-feira.

O ‘Aviso Amarelo’ é emitido pelo IPMA quando há risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para hoje nas regiões do Norte e Centro céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se temporariamente muito nublado até meio da manhã em especial nas regiões do interior, nebulosidade que poderá persistir em alguns locais do nordeste transmontano e da Beira Alta.

A previsão aponta ainda para vento fraco, soprando temporariamente moderado de nordeste nas terras altas, neblina ou nevoeiro matinal, que poderá persistir em alguns locais do nordeste transmontano e da Beira Alta, formação de geada em alguns locais do interior e pequena descida de temperatura.

No sul prevê-se céu pouco nublado ou limpo, apresentando temporariamente períodos de maior nebulosidade até meio da manhã no Alentejo, e durante a tarde no Algarve e no Baixo Alentejo, vento fraco, neblina ou nevoeiro matinal e pequena descida de temperatura.

Recomendadas

Assinala-se esta segunda-feira o Dia Europeu do Ex-Fumador

O Dia Europeu do Ex-Fumador é celebrado a 26 de setembro, em todos os Estados-Membros da UE, com o objetivo de felicitar todos os que se tornaram ex-fumadores ou que deram os primeiros passos para deixar de fumar, bem como sensibilizar o público para questões de saúde.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta segunda-feira.

Costa anuncia reforço de 1100 efetivos para os quadros da PJ até 2026 (com áudio)

António Costa fez este anúncio na parte final do seu discurso na cerimónia de aceitação de 97 novos inspetores da PJ, em Lisboa, numa sessão em que também usaram da palavra o diretor nacional desta polícia, Luís Neves, e a ministra da Justiça, Catarina Sarmento e Castro.
Comentários