Nobel da Química partilhado por três cientistas

O Prémio Nobel da Química 2015 foi atribuído ao sueco Tomas Lindahl, do Instituto Francis Crick, Reino Unido; ao norte-americano Paul Modrich, da Universidade Duke, EUA, e ao turco Azis Sancar, da Universidade da Carolina do Norte, pelos seus “estudos mecanísticos da reparação do ADN”, anunciou esta quarta-feira em Estocolmo a Real Academia das Ciências […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

O Prémio Nobel da Química 2015 foi atribuído ao sueco Tomas Lindahl, do Instituto Francis Crick, Reino Unido; ao norte-americano Paul Modrich, da Universidade Duke, EUA, e ao turco Azis Sancar, da Universidade da Carolina do Norte, pelos seus “estudos mecanísticos da reparação do ADN”, anunciou esta quarta-feira em Estocolmo a Real Academia das Ciências Sueca.

Prémios Nobel da Química 2015

Os premiados vão partilhar o prémio cujo montante total ascende a oito milhões de coroas suecas, mais de 856 mil euros.

Nobel da Física para dois cientistas

Takaaki Kajita e Arthur B. McDonald créditos: http://www.nobelprize.org/

Terça-feira a Real Academia das Ciências Sueca anunciou os laureados com o prémio Nobel da Física. Em 2015, o prémio foi atribuído a dois físicos que trabalharam na “descoberta das oscilações dos neutrinos, que mostra que os neutrinos possuem uma massa”.

Os premiados são o japonês Takaaki Kajita, da Universidade de Tóquio, Japão, e o canadiano Arthur McDonald, professor emérito da Queen’s University, Canadá.

Conheça ao detalhe os laureados no site oficial dos Prémios Nobel.

OJE

Recomendadas

Polícia alemã diz ter impedido ataque armado da extrema-direita ao parlamento

Os procuradores disseram, em comunicado, que os detidos são suspeitos “de terem feito preparativos concretos para entrarem violentamente, com um pequeno grupo armado, no Bundestag”, a câmara baixa do parlamento alemão.

Vladimir Putin e Will Smith foram os mais “populares” no Google este ano

As tendências hoje divulgadas pela Google em Portugal registam as palavras que mais cresceram nas pesquisas de Internet, face ao ano anterior, e colocam em terceiro lugar nesta categoria (nomes internacionais) o ator Johnny Depp, cujo divórcio da atriz Amber Heard, sob acusações mútuas de agressões, teve destaque nos ‘media’.

Eutanásia: o referendo da discórdia. Ouça o podcast “Maquiavel para Principiantes”

“Maquiavel para Principiantes”, o podcast semanal do JE da autoria do especialista em comunicação e cronista do “Jornal Económico”, Rui Calafate, pode ser ouvido em plataformas multimédia como Apple Podcasts e Spotify.